Componente de 2.º ciclo do Mestrado Integrado em Engenharia Informática

Ensino

Componente de 2.º ciclo do Mestrado Integrado em Engenharia Informática

O Mestrado Integrado em Engenharia Informática admite candidatos ao seu 2º ciclo, que concede o grau de Mestre em Engenharia Informática (2 anos, 120 ECTS).

Objetivos

O 4º e 5º anos do Mestrado Integrado em Engenharia Informática (MIEI) permitem, a quem possua um grau de Licenciatura em Engenharia Informática ou afim, uma formação a nível de engenharia de concepção, certificada com o grau de Mestrado em Engenharia Informática, e com a acreditação de nível E2 pela Ordem dos Engenheiros.

O MIEI prepara especialistas habilitados a desenvolver actividades de concepção, projecto, liderança, e inovação. Uma componente importante da formação do Mestre em Engenharia Informática é a elaboração de uma Dissertação de Mestrado, trabalho individual de investigação e/ou desenvolvimento que explora os conhecimentos adquiridos ao longo do curso. Este trabalho original e especialmente concebido para este fim pode ser desenvolvido em contexto académico, ou em colaboração académico-empresarial.

Estrutura

Plano curricular (considerar só os 4.º e 5.º anos)

Saídas profissionais

A Engenharia Informática é a disciplina técnica e científica que permite conceber e construir sistemas de informação empresariais, o Google, o Facebook, os controladores de voo dos aviões, o iPod, sistemas de previsão metereológica, os jogos de computador, os media, o Cloud Computing, as aplicações web, o processamento de imagens e multimédia, os serviços de telecomunicação.

As tecnologias da informação e da computação são das mais importantes infrastruturas de suporte à sociedade moderna. São áreas em crescimento, de elevada empregabilidade, que aliam desafios técnicos de engenharia, de criatividade multidisciplinar, e criam novas oportunidades de negócio.

Os Engenheiros Informáticos são responsáveis pela concepção e construção dos inúmerios sistemas informáticos que desempenham um papel imprescindível na sociedade, na indústria, nos serviços, nos transportes e telecomunicações, na saúde, nas engenharias clássicas, no ambiente, e até nas artes e lazer.

O MIEI forma Engenheiros Informáticos solidamente preparados para participar na construção dos sistemas e das tecnologias da informação do futuro.

Propinas:

Estudantes nacionais: 1063,47 €/anual

Estudantes internacionais: 7000 €/anual (Redução de 60% para estudantes da CPLP)

Prazo de candidatura:

1ª fase: 6 de março a 23 de junho
2ª fase: 26 a 31 de agosto

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2017/2018

Vagas para 2017/2018 :

10

Regras de acesso:

Podem candidatar-se ao ingresso no 4.º ano do curso:

a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal, na mesma área científica ou em áreas a definir pelo Conselho de Departamento de Informática;

b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, nas áreas da alínea a).

c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo conselho científico da FCT NOVA, nas áreas da alínea a);

d ) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho de Departamento de Informática.

Critérios de seriação:

Os candidatos ao 4.º ano do curso que reúnam as condições de natureza académica e curricular expressas anteriormente, serão selecionados e seriados pela Comissão Científica do MIEI. Os critérios de seleção  incluem, entre outros, os seguintes:

a) Classificação de licenciatura;

b) Currículo académico e científico;

c) Currículo profissional;

d ) Eventual entrevista.

Aos alunos selecionados pode ser solicitado que cumpram um plano de estudos suplementar correpondendo no máximo a 18 ECTS, dependendo da adequação da sua licenciatura.

Coordenador do curso:

Professor Pedro Medeiros

miei.coordenador@fct.unl.pt

Sobre o Departamento de Informática

O Departamento de Informática é uma instituição pioneira e de referência no ensino superior e na investigação científica em Informática em Portugal, tendo já formado milhares de engenheiros informáticos. Atualmente é responsável pela formação de mais de 800 alunos inscritos em vários cursos e em diversos níveis de formação.

Muitos dos nossos docentes estão associados ao desenvolvimento da Informática no País, por exemplo, na primeira ligação nacional à Internet, na formação dos primeiros doutorados, e na afirmação de Portugal na investigação e inovação em Informática.

Saber mais