Doutoramento em Bioquímica

Ensino

Doutoramento em Bioquímica

Entrou em funcionamento em 2009/2010. O número mínimo de créditos para a obtenção do grau é de 240 ECTS (4 anos).

Objetivos

O programa Doutoral em Bioquímica tem como principais objectivos:

  1. Providenciar aos doutorandos competências, aptidões e metodologias de investigação avançadas nas especialidades de Biofísica, Bioquímica Física, Biotecnologia e Bioquímica Estrutural;
  2. Desenvolver capacidades para conceber, projectar, adaptar e realizar investigação original, respeitando padrões de qualidade, integridade e ética académicas e merecedora de divulgação internacional em publicações avaliadas pelos pares;
  3. Possibilitar aos doutorandos uma formação multidisciplinar que complete de forma sinérgica e abrangente os conhecimentos adquiridos nas respectivas especialidades numa perspectiva da sua inserção no mercado de trabalho.

Plano curricular e funcionamento do programa de Doutoramento

O  programa doutoral em Bioquímica tem uma duração total de 4 anos (240 ECTS) e inclui uma componente curricular com 60 ECTS, e uma Tese de doutoramento de 180 ECTS. O programa está enquadrado pelas regras definidas no Regulamento Geral dos Ciclos de Estudos Conducentes ao Doutoramento da FCT-UNL.
O trabalho de investigação relativo à Tese de doutoramento tem início no 1º ano do curso doutoral, correspondendo à unidade curricular Projecto de Tese (30 ECTS). O Projecto de Tese é uma unidade curricular obrigatória de iniciação à investigação. Para além de realizar trabalho de investigação, o aluno deverá adquirir as competências necessárias à elaboração e apresentação dum projecto de investigação. Os 2º, 3º e 4º anos do Programa devem ser preenchidos com o trabalho da Tese de doutoramento.
O Programa Doutoral em Bioquímica deve garantir uma formação especializada numa das quatro áreas de especialidade do ramo da Bioquímica: Bioquímica Estrutural, Biofísica, Bioquímica Física e Biotecnologia.
A formação é garantida por unidades curriculares obrigatórias e opcionais. Para alem do Projecto de Tese, é obrigatória a realização das disciplinas de Empreendedorismo (3 ECTS) e de Módulos Especializados I e II (12 ECTS), que deverão fornecer formação específica nas áreas de especialidade. O leque de unidades curriculares opcionais deve ser diversificado e multidisciplinar, com opções adaptadas à diversidade de formação básica dos doutorandos, à sua área e especialidade de investigação. Existe uma opção na área da Bioquímica contabilizada no máximo de 6 ECTS, que consiste na leccionação (com supervisão) de aulas práticas (Introdução à Prática Docente). As opções livres incluem um leque de unidades curriculares de 1º e 2º ciclos leccionadas na FCT, eventualmente unidades curriculares de 2º ciclo leccionadas em outras instituições de ensino superior, e a frequência de cursos intensivos. O número mínimo de créditos a obter pela frequência com aproveitamento das unidades curriculares optativas é de 15 ECTS.

Plano de estudos

Plano curricular

Saídas profissionais

Docência em Instituições de Ensino Superior, Investigação Científica; Laboratórios Científicos, Indústrias Biotecnológicas, Químicas, Farmacêuticas e afins.

Regulamento do 3º ciclo em Bioquímica

Horário de funcionamento:

Diurno

Propinas:

Estudantes nacionais: 2.750€

Estudantes internacionais: 2.750€

Prazo de candidatura:

1ª Fase: 7 de abril a 23 de junho
2ª Fase: 26 de agosto a 30 de setembro
3ª Fase: a divulgar oportunamente

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2017/2018

Vagas para 2017/2018 :

10

Regras de acesso:

Os candidatos deverão respeitar pelo menos uma das condições expressas nas alíneas seguintes:

  1. Possuir, na área científica ou similar, o grau de mestre, ou equivalente legal, concedido por instituições de ensino superior portuguesas ou estrangeiras, legalmente reconhecidas.
  2. Os titulares de grau de licenciado correspondente a uma licenciatura pré-bolonha com um número de unidades curriculares que possam ser consideradas equivalentes a pelo menos 240 créditos.
  3. Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho de Departamento do Departamento de Química, como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos.

Critérios de seriação:

A selecção dos candidatos é da responsabilidade da Comissão Científica do doutoramento através da apreciação da documentação apresentada.
Os candidatos que reúnam as condições de natureza académica e curricular, expressas anteriormente, serão seleccionados e seriados tendo em atenção o respectivo curriculum académico, científico e profissional. Poderão ser convocados para uma entrevista os candidatos potencialmente elegíveis.

Coordenadora do curso:

Professora Maria dos Anjos Macedo

pdbq.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Ef 3065/2011 em 18/03/2011

A3ES

Acreditação em 05/03/2015, por 6 anos

Sobre o Departamento de Química

O Departamento de Química (DQ) constitui uma unidade de ensino e de investigação da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) da Universidade Nova de Lisboa (UNL), vocacionada para a qualidade do ensino, o progresso da investigação e a prestação de serviços especializados à comunidade nas áreas fundamentais da Química, Engenharia Química e Bioquímica e Biofísica. O DQ, criado em 1981, tem reconhecida implementação no mercado de ensino e de trabalho, em particular devido à então novidade e especificidade introduzida pela Licenciatura em Química Aplicada, com o qual se iniciou o ensino da Química na Faculdade.

Saber mais