Doutoramento em Engenharia Mecânica

Ensino

Doutoramento em Engenharia Mecânica

Entrou em funcionamento em 2009/2010. O número mínimo de créditos para a obtenção do grau é de 180 (3 anos).

Objetivos

O Doutoramento em Engenharia Mecânica adopta os princípios orientadores e os objectivos subjacentes à integração no Espaço de Ensino Superior Europeu. A sua estrutura organizativa rege-se por elevados padrões de qualidade e dá satisfação aos requisitos estabelecidos no Art.º 28.º do Decreto-Lei N.º 74/2006 de 24 de Março e nos regulamentos internos da FCT/UNL para o 3.º ciclo de formação. Pretende-se, deste modo, formar doutores em Engenharia Mecânica pela UNL que possam revelar:

  1. Capacidade de compreensão sistemática nos domínios científicos da Engenharia Mecânica;
  2. Competências, aptidões e métodos de investigação associados a esses domínios científicos;
  3. Capacidade para conceber, projectar, adaptar e realizar uma investigação significativa respeitando as exigências impostas pelos padrões de qualidade e integridade académicas;
  4. Ter realizado um conjunto significativo de trabalhos de investigação original que tenha contribuído para o alargamento das fronteiras do conhecimento, parte do qual mereça a divulgação nacional ou internacional em publicações com comité de selecção;
  5. Ser capazes de analisar criticamente, avaliar e sintetizar ideias novas e complexas;
  6. Ser capazes de comunicar com os seus pares, a restante comunidade académica e a sociedade em geral sobre a área em que são especializados;
  7. Ser capazes de, numa sociedade baseada no conhecimento, promover, em contexto académico e ou profissional, o progresso tecnológico, social ou cultural

Estrutura

Plano curricular

Horário de funcionamento:

Diurno em regime tutorial.

Propinas:

Estudantes nacionais: 2.750€

Estudantes internacionais: 2.750€

Prazo de candidatura:

1ª Fase: 7 de abril a 23 de junho
2ª Fase: 26 de agosto a 30 de setembro
3ª Fase: a divulgar oportunamente

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2017/2018

Vagas para 2017/2018 :

15

Regras de acesso:

Para ingressar no programa de doutoramento, o candidato deve satisfazer as condições estabelecidas na legislação nacional, nos normativos da UNL e da FCT NOVA, e respeitar pelo menos uma das condições expressas nas alíneas seguintes:

a)    Possuir o grau de mestre, ou equivalente legal, obtido em instituição nacional ou estrangeira, na área da Engenharia ou em área reconhecida como adequada pela Comissão Científica do programa. O candidato deverá possuir uma classificação final mínima de catorze valores (ou equivalente na escala de ECTS) nestes ciclos de estudos;
b)    Possuir o grau de licenciado e ser detentor de um currículo escolar ou científico especialmente relevante, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da FCT NOVA como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos;
c)    Ser detentor de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido pelo Conselho Científico da FCT-UNL como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

2. O reconhecimento a que se referem as alíneas b) e c) do nº 1 deste artigo:

a)    Será baseado em pareceres emitidos por dois professores ou investigadores doutorados, considerados especialistas no domínio científico em causa e nomeados pela Comissão Científica do Programa de Doutoramento;
b)    Não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou de mestre, ou ao seu reconhecimento.

3. O ingresso no presente Programa de Doutoramento é condicionado pela homologação pelo Conselho Científico da FCT-UNL da proposta de aceitação da candidatura apresentada pela Comissão Científica do Programa de Doutoramento em Engenharia Mecânica

 

Local  e forma de candidatura:
on line

 

Documentação do processo de candidatura:

  • Certificado de habilitações discriminando as classificações obtidas;
  • Curriculum vitae e profissional;
  • Declaração de Intenções (Letter of Intent) em que o candidato explica as razões pelas quais está interessado em realizar o Programa de doutoramento;

Critérios de seriação:

Avaliação do curriculum vitae, tendo especialmente em conta a componente académica na área específica do curso, as recomendações e a eventual entrevista.

Coordenador do curso:

Professor Jorge Joaquim Pamies Teixeira

pdem.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Ef 3074/2011 em 18/03/2011

A3ES

Acreditação em 25/07/2014, por 6 anos

Sobre o Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial

O Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial (DEMI) é uma unidade orgânica permanente da FCT NOVA, vocacionada para o ensino, para a investigação científica fundamental e aplicada e para a prestação de serviços nos domínios da Engenharia Industrial e da Engenharia Mecânica. O DEMI tem a seu cargo dois mestrados integrados (Engenharia e Gestão Industrial, Engenharia Mecânica), quatro mestrados (Engenharia e Gestão Industrial, Engenharia Mecânica, Engenharia Industrial e Engenharia da Soldadura), dois programas de doutoramento e ainda várias pós-graduações.

O DEMI conta actualmente com 38 docentes e com 5 funcionários. Os professores do Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial colaboram, a diferentes títulos, com diversas instituições públicas e privadas, nomeadamente no desenvolvimento de projectos de investigação em áreas científicas e tecnológicas de relevância para a Engenharia Industrial e para a Engenharia Mecânica.

Saber mais