Doutoramento em Media Digitais

Ensino

Doutoramento em Media Digitais

Entrou em funcionamento no ano letivo de 2009/2010. O número mínimo de créditos para a obtenção do grau é de 240 (4 anos). 

Objetivos

Este programa de Doutoramento, proposto pelas Universidade do Porto e Universidade Nova de Lisboa, em colaboração com a Universidade de Texas em Austin, fornece uma formação especializada na área dos Media Digitais.  
O aparecimento de novas aplicações na área dos media digitais tais como os videojogos, os conteúdos interactivos sobre a web, a TV interactiva, o video on demand, o aparecimento de software educativo de elevado impacto nas camadas mais jovens e, ainda mais recentemente, a divulgação de conteúdos informativos, de marketing e de lazer em dispositivos móveis, demonstram a importância do estudo e investigação sobre este tipo de conteúdos e o estudo da sua relação com a tecnologia, as diferentes áreas da ciência e a sociedade em geral. Torna-se ainda clara a necessidade de as universidades formarem profissionais nesta área, com as competências correspondentes aos diversos níveis de formação e, neste caso, ao nível do terceiro ciclo.
O objectivo final deste programa será formar investigadores, docentes universitários, e líderes em processos de inovação nas áreas fundamentais e aplicadas dos Media Digitais.

Plano curricular

Duração
A duração típica do programa é de 4 anos a tempo inteiro (240 ECTS), correspondendo 1 ano à componente curricular (Curso de Doutoramento)  e os 3 anos subsequentes à componente de investigação.
O curso está organizado nas seguintes especialidades: (1) Criação de Audiovisual e de Conteúdos Interactivos; (2) Tecnologias; (3) Jornalismo; (4) Indústria, Públicos e Mercados. A component curricular, comum às diferentes especialidades inclui as seguintes unidades curriculares:

  • História e Tendências dos Media Digitais
  • Laboratório dos Media
  • Tecnologia dos Media
  • Teoria da Comunicação
  • Métodos de Investigação
  • Opção Livre I, II e III

Plano curricular

Saídas profissionais

O Programa de Doutoramento tem como objectivo formar investigadores, docentes universitários, e líderes em processos de inovação nas áreas fundamentais e aplicadas dos Media Digitais, garantindo que os doutores estão preparados para o exercício de uma profissão, que se consubstancia, genericamente, na capacidade de:

  • Criar, produzir e distribuir media digitais, tendo em consideração o público-alvo e a globalidade da cadeia de valor associada ao campo;
  • Gerir equipas de criativos e produtores;
  • Exercer uma actividade profissional especializada, em organizações de criação, de produção e de tratamento de conteúdos visando a sua distribuição para efeitos variados, desde os mass media, à educação, ao lazer, passando pelo marketing, pelos videojogos, e pelo corporate broadcasting;
  • Aplicar conhecimentos, resolver problemas em ambientes novos ou desconhecidos e no âmbito de contextos multidisciplinares, de desenvolver estudos de análise e síntese e de desenvolver projectos de investigação nas áreas científicas participantes relevantes.

Horário de funcionamento:

Diurno.

Propinas:

Estudantes nacionais: 2.750€

Estudantes internacionais: 2.750€

Prazo de candidatura:

1ª Fase: 7 de abril a 23 de junho
2ª Fase: 26 de agosto a 10 de setembro
3ª Fase: a divulgar oportunamente

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2017/2018

Vagas para 2017/2018 :

8

Regras de acesso:

Para ingressar no programa de doutoramento, o candidato deve satisfazer as condições estabelecidas na legislação nacional, nos normativos específicos aplicáveis e, em particular, respeitar pelo menos uma das alternativas expressas nas alíneas seguintes:

  1. Possuir o grau de mestre ou um 2.º ciclo de estudos em engenharia em áreas tecnológicas e científicas afins aos media digitais, ciências da informação e da comunicação ou design;
  2. Possuir uma graduação de Ensino Superior, obtida em instituição nacional ou estrangeira, reconhecida como apropriada pela comissão científica do programa e ser detentor de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo conselho científico;
  3. Possuir um currículo profissional ou científico reconhecido, pela comissão científica, como relevante e apropriado. 
 

Documentação do processo de candidatura (on line):

  1. Certificado de habilitações discriminando as classificações obtidas;
  2. Curriculum vitae;
  3. Os candidatos da área artística deverão apresentar um portfólio.;
  4. Declaração de Intenções (Letter of Intent) em que o candidato explica as razões pelas quais está interessado em realizar o Programa de doutoramento;

Critérios de seriação:

A selecção dos candidatos é da responsabilidade da Comissão Científica do doutoramento através da apreciação da documentação apresentada, podendo convocar para uma entrevista os candidatos potencialmente elegíveis.

Coordenador do curso:

Professor Nuno Correia

pdmd.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Ef 2575/2011 em 18/03/2011

A3ES

Acreditação em 26/11/2014, por 6 anos

Sobre o Departamento de Informática

O Departamento de Informática é uma instituição pioneira e de referência no ensino superior e na investigação científica em Informática em Portugal, tendo já formado milhares de engenheiros informáticos. Atualmente é responsável pela formação de mais de 800 alunos inscritos em vários cursos e em diversos níveis de formação.

Muitos dos nossos docentes estão associados ao desenvolvimento da Informática no País, por exemplo, na primeira ligação nacional à Internet, na formação dos primeiros doutorados, e na afirmação de Portugal na investigação e inovação em Informática.

Saber mais