Mestrado em Engenharia e Gestão da Água

Ensino

Mestrado em Engenharia e Gestão da Água

Entrou em funcionamento no ano letivo de 2007/2008. O número mínimo de créditos para a obtenção do grau é de 120 (2 anos).

Este curso só funcionará se tiver 10 ou mais inscrições confirmadas, conforme decisão do Conselho Executivo da FCT NOVA.

Objetivos

O Mestrado em Engenharia e Gestão da Água, do Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, visa a formação de engenheiros capazes de conceber, planear, projectar, gerir e executar soluções, tendo os recursos hídricos como objecto de trabalho. O Mestre em Engenharia e Gestão da Água deverá ser capaz de abordar os problemas dos recursos hídricos de uma forma integrada considerando as suas múltiplas vertentes, nomeadamente ecológica, social, económica e tecnológica, com vista a contribuir para um desenvolvimento equilibrado e sustentado. No exercício da sua profissão, o Mestre em Engenharia e Gestão da Água deve ser capaz de:

  • Compreender os processos físico químicos, biológicos e sócio-económicos subjacentes aos problemas do domínio da circulação e gestão da água e, concretamente, nas áreas da hidráulica, da hidrologia e dos recursos hídricos.

  • Lidar com a complexidade, incerteza e o carácter interdisciplinar dos problemas da gestão da água, reconhecendo as suas vertentes técnica, ecológica, económica e social.

  • Seleccionar e utilizar as metodologias e as técnicas mais adequadas para analisar problemas do domínio da água, nomeadamente a monitorização dos recursos, o trabalho experimental e de campo, a análise de dados, a estatística, a modelação matemática e a análise de sistemas.

  • Inventariar, caracterizar e formular o diagnóstico de problemas que se relacionem com a protecção, valorização, planeamento e gestão do recurso água.

  • Conceber e projectar políticas, estratégias, medidas e soluções para a resolução dos problemas identificados e analisar consequências das soluções propostas.

  • Desenvolver, dimensionar e gerir projectos de infra-estruturas hidráulicas e de aproveitamentos hidráulicos.

  • Desenvolver investigação, de forma autónoma, nas áreas científicas da hidráulica, da hidrologia e dos recursos hídricos.

Plano curricular

Saídas profissionais

O Mestrado em Engenharia e Gestão da Água confere formação técnica e científica adequada ao desempenho com sucesso nas seguintes organizações:

  • Empresas de Consultoria, Projecto e Auditoria;

  • Empresas de Serviços e, em particular, Empresas de Gestão de Serviços da Água;

  • Indústria;

  • Administração Pública Central, designadamente Ministério do Ambiente do Ordenamento do Território de do Desenvolvimento Regional, Ministério das Obras Públicas Transportes e Comunicações, Ministério da Agricultura do Desenvolvimento Rural e das Pescas e Ministério da Economia e da Inovação;

  • Administração Pública Regional, designadamente Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional e Administrações de Região Hidrográfica;

  • Administração Pública Local, designadamente Câmaras Municipais e Serviços Municipalizados de Água e Saneamento;

  • Organizações Internacionais, nomeadamente a Comissão Europeia, a Agência Europeia do Ambiente e as várias Agências das Nações Unidas;

  • Ensino e Investigação.

Saber mais

Regulamento

Horário de funcionamento:

Diurno

Propinas:

Estudantes nacionais: 1063,47 €/anual

Estudantes internacionais: 7000 €/anual (Redução de 60% para estudantes da CPLP)

Prazo de candidatura:

1ª fase: 6 de março a 23 de junho
2ª fase: 26 a 31 de agosto

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2017/2018

Vagas para 2017/2018 :

25

Regras de acesso:

  1. Titulares do 3.º ano completo (180 ECTS) de cursos de Engenharia do Ambiente, Engenharia Civil, Engenharia Química, Engenharia Agronómica, ou áreas afins.

  2. Titulares do grau de licenciado, ou equivalente legal, em Engenharia do Ambiente, Engenharia Civil, Engenharia Química, Engenharia Agronómica, ou áreas afins.

  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado, nas áreas referidas nas alíneas anteriores, de acordo com os princípios do Processo de Bolonha, por um Estado aderente a este Processo.

  4. Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado em outras licenciaturas de Engenharia ou Ciências Exactas pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia, sob proposta da Comissão Científica do Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente.

  5. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização do Curso de Mestrado em Engenharia e Gestão da Água, pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia, sob proposta da Comissão Científica do Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente.

Critérios de seriação:

  1. Classificação de licenciatura;
  2. Curriculum académico e científico;
  3. Curriculum profissional;
  4. Desempenho em eventual entrevista.

Coordenador do curso:

Professor António Pedro Mano

mega.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Ef 3101/2011 em 18/03/2011

A3ES

Acreditação em 05/02/2015, por 3 anos

Sobre o Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente

O Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente tem quarenta docentes com uma vasta experiência científica, técnica e pedagógica, suportando o ensino de aproximadamente 600 alunos de cursos com diferentes valências e graus de ensino universitário. O funcionamento de laboratórios de ensino e de investigação é suportado por um conjunto de técnicos especializados.

Para além da sua missão em termos de educação e de investigação, docentes e/ou estudantes do Departamento foram cruciais na criação de empresas relevantes em áreas da engenharia do ambiente como a YDreams e a E-Value.

Saber mais