Mestrado em Engenharia Geológica

Ensino

Mestrado em Engenharia Geológica

Entrou em funcionamento no ano letivo de 2014/2015. O número mínimo de créditos para a obtenção do grau é de 120 ( 4 Semestres).

Objetivos

O Mestrado em Engenharia Geológica destina-se a formar profissionais especialistas capazes de resolver problemas de engenharia que envolvam a Terra e o seu funcionamento como um sistema geodinâmico. São objectivos gerais:

Aprofundar a formação recebida num 1º ciclo, que permita ganhar competências e conhecimentos para o desenvolvimento autónomo de tarefas, nomeadamente, aplicação de novas metodologias e optimização de processos industriais, na prossecução da garantia da qualidade e segurança em engenharia, tendo em atenção os inerentes impactes sociais, económicos e ambientais.

Formar Engenheiros Geólogos de banda larga, facilitando a mobilidade na profissão de acordo com as necessidades do mercado, a nível nacional e internacional, desde a indústria e serviços à investigação e desenvolvimento.

Estrutura

Plano curricular

Saídas profissionais

A experiência e saídas profissionais dos engenheiros geólogos da FCT NOVA, iniciada em 1987, pode ser agrupada nas áreas de engenharia geoambiental, georrecursos e geotecnia, em Portugal e no estrangeiro.

Os empregadores de Engenheiros Geólogos são empresas e instituições que se dedicam mais concretamente à:

  1. Prospecção e pesquisa (p.ex. de recursos minerais ou de parâmetros geotécnicos e geoambientais);
  2. Exploração de recursos minerais (p.ex. minas e petróleos);
  3. Consultoria e projecto;
  4. Construção civil e obras públicas (p.ex. empresas de construção);
  5. Venda e consultoria de equipamentos e consumíveis;
  6. Centros e laboratórios de investigação.

Horário de funcionamento:

Diurno

Propinas:

Estudantes nacionais: 1063,47 €/anual

Estudantes internacionais: 7000 €/anual (Redução de 60% para estudantes da CPLP)

Prazo de candidatura:

1ª fase: 6 de março a 23 de junho
2ª fase: 26 a 31 de agosto

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2017/2018

Vagas para 2017/2018 :

25

Regras de acesso:

  1. Titulares do grau de licenciado (pré-Bolonha ou 1º ciclo pós-Bolonha) em Engenharia Geológica, Engenharia Geológica e Mineira, Engenharia de Georrecursos, Geoengenharia, Engenharia Geoambiental, Engenharia de Minas, Engenharia Civil, Geologia, Geofísica e Ciências da Terra e da Atmosfera, áreas afins ou equivalente legal, com um número mínimo de 180 ECTS;

  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro com as designações referidas no ponto anterior, reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado. Requer aprovação do Conselho Científico da FCT-UNL, após aceitação da candidatura pela Comissão Científica do Mestrado em Engenharia Geológica;

  3. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica do curso.

Critérios de seriação:

  1. Classificação do curso anterior;
  2. Currículo académico e científico;
  3. Currículo profissional;
  4. Eventual entrevista.

Coordenador do curso:

Professor José António Almeida

meg.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Cr 63/2014 em 20/05/2014

A3ES

Acreditação prévia em 08/04/2014, por 6 anos

Sobre o Departamento de Ciências da Terra

Departamento de Ciências da Terra (DCT) da FCT NOVA, cujo regulamento foi recentemente revisto (DR 99, 2º série de 23 de Maio de 2011), constitui unidade  de ensino graduado e pós-graduado e de investigação, nos domínios da Ciência e Engenharia Geológica e nos destes afins ou interdisciplinares. Cabe-lhe, promover o desenvolvimento científico e tecnológico, a prestação de serviços, actividades de extensão universitária, e desenvolvimento de actividades de divulgação.

Saber mais