Faculdade

Notícias

Palestras American Corner

16-06-2017

Palestras American Corner

Palestra de Damian Schofield, Director of Human Computer Interaction, State University of New York

19 de Junho | 12H00 | Sala Multiusos Biblioteca FCT NOVA 

Nesta sua palestra, Dr. Damian Schofield abordará uma gama virtual de ambientes de aprendizagem, evidências, visualizações e simuladores de treino desenvolvidos por ele.

Falará também sobre a implementação destes sistemas e a extrapolação das lições aprendidas para diretrizes pedagógicas gerais a serem consideradas para o desenvolvimento de VR / AR baseado em educação e recursos de treino.

O Dr. Damian Schofield é igualmente Professor Adjunto Associado de Computação Forense na Universidade Edith Cowan, Perth, Austrália Ocidental. Antes disso, ocupou o cargo de Professor Associado de Jogos de Computador e Media Digital, na Escola de Media Criativa da Universidade RMIT em Melbourne, Austrália. Foi professor na Escola de Informática na Universidade de Nottingham, Reino Unido.

É diretor e o principal acionista da Aims Solutions Ltd., uma empresa com sede no Reino Unido, criada em 2000, que fornece serviços de visualização de gráficos por computador e produtos de treino de simulação baseados em realidade virtual para uma ampla gama de organizações do setor público e privado.

Além disso, durante quase 20 anos, o Dr. Schofield esteve envolvido em pesquisas que examinam o uso de evidências digitais em salas de audiências, particularmente reconstruções virtuais (usando jogos de computador / tecnologia gráfica).

 

Palestra de Daniel Tani, antigo astronauta da NASA

6 de Julho | 15H00 | Auditório Biblioteca FCT NOVA

Daniel Tani irá partilhar a sua experiência, fotografias e videos da sua estadia de quatro meses a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS). Durante a sua intervenção falará, desde o lançamento do “space shuttle”, à sua adaptação a um meio sem gravidade, às suas caminhadas pelo espaço e operações em robots para construir e reparar a estação espacial internacional e o seu dia a dia no laboratório em órbita. Daniel Tani partilhará, com a audiência, as suas perspectivas e observações pessoais e as deslumbrantes vistas do nosso planeta Terra.

Daniel Tani foi selecionado como astronauta da NASA em 1996 e durante os 16 anos seguintes ganhou uma grande experiência espacial. Foi membro da tripulação do “Space Shuttle Endeavour” e também da Estação Espacial Internacional numa missão separada, que fez com que passasse 131 dias no espaço. Foi engenheiro no voo STS-108 em 2001, durante o qual apoiou uma troca de tripulação da Estação Espacial Internacional e a entrega de um módulo logístico multifunções, que continha três toneladas de equipamento, logístico e de experiências em laboratórios. Durante este voo, Tani também completou uma caminhada espacial para apoiar a manutenção do sistema de energia elétrica da ISS.

No seu segundo voo espacial, Tani serviu como Engenheiro de voo Expedição 16 e passou 120 dias vivendo e trabalhando a bordo da ISS. Durante seu turno a bordo da estação, realizou inúmeras operações robotizadas para apoiar a instalação e check-out do novo Node-2. Durante os seus dois voos, Tani registrou um total de 34 horas e 59 minutos em cinco passeios espaciais.

 

Palestra de Luís Bettencourt,  The Emerging Interdisciplinary Science of Cities

7 de julho | 11H00 I Sala multiusos Biblioteca FCT NOVA 

Luís Bettencourt é professor de sistemas complexos no Instituto Santa Fé (EUA). A investigação que tem desenvolvido enfatiza a criação de uma nova síntese interdisciplinar para descrever as cidades de forma quantitativa e predictiva, resultante da crescente disponibilidade de dados empíricos em todo o mundo.

Nesta palestra, o prof. Bettencourt irá abordar uma série de propriedades gerais das cidades, comuns a todos os lugares e tempos das quais temos evidências e que mostram como estas são, principalmente, um mecanismo para a intensificação das interações do ser humano com o espaço e com o tempo, resultando em processos de divisão do trabalho e do conhecimento, assim como, do crescimento económico.
Estas ideias elaboram e quantificam ainda mais as teorias clássicas de geografia, economia, sociologia e psicologia social para criar uma nova compreensão científica das cidades e da urbanização.

Irá mostrar que os dados agora existentes permitem estudar sistematicamente e quantitativamente formas urbanas levando em consideração, simultaneamente, questões de forma e de função.

Demostrará que as geometrias urbanas variam substancialmente ao longo do tempo e do espaço e mostrará quantos tecidos urbanos até então pouco estudados, especialmente nos assentamentos informais das cidades em desenvolvimento, são muito fluidos, mas também como eles podem ser estudados através da topologia matemática.

Finalmente, irá concluir com um resumo do que, na sua opinião, são problemas abertos para um novo tipo de ciência e design urbano que são mais verdadeiros para o caráter e a promessa das cidades para o desenvolvimento sustentável humano.