Mestrado em Paleontologia

Education

Mestrado em Paleontologia

(em Associação com a Universidade de Évora)

 

Objectives

No sentido de aproveitar conhecimentos, valências e instalações laboratoriais, a NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA e a Universidade de Évora juntaram-se para propor um 2.º ciclo de Paleontologia.

Este 2.º ciclo de estudos está concebido para ser aberto a um público com formação de base diversa, permitindo atrair estudantes de várias áreas do saber. Destacamos os que finalizarem o 1.º ciclo de estudos nas áreas da, biologia, geologia, arqueologia e outras. Está também gizado para atrair docentes dos Ensinos Básico e Secundário que, tendo terminado a sua formação no sistema pré Bolonha, queiram agora atualizar os seus conhecimentos e aperfeiçoar competências na área da Paleontologia.

O objetivo geral do ciclo de estudos é formar alunos pós-graduados sobre as questões atuais da evolução da Terra e da Vida. O mestrado promoverá um conjunto de ensinamentos coeso, com valor de empregabilidade e que atue como proteção e valorização sócio-económica do património paleontológico. Este mestrado preenche uma lacuna, em termos de oferta nacional, nesta área de formação.

São objetivos do curso de mestrado em Paleontologia: 

a) Aprofundar a formação na área da Paleontologia, a fim de adquirir bases sustentáveis para transmissão de conhecimentos relacionados com esta área científica.

b) Adquirir formação científica e técnica no domínio da Paleontologia, permitindo compreender e resolver novos paradigmas em contextos multidisciplinares, nomeadamente para um melhor e mais consciente desempenho de atividades técnicas de classificação e gestão do meio natural, particularmente do Paleontológico, da responsabilidade de entidades públicas (Ministério do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, e autarquias).

c) Desenvolver capacidades de integração de conhecimentos em situações complexas de âmbito geológico.

d) Desenvolver uma visão crítica sobre o registo fóssil e sua importância para a compreensão dos processos evolutivos.

e) Analisar e discutir os aspetos biológicos dos organismos do passado.

f) Discutir e aplicar teorias, paradigmas e conceitos a fim de obter uma visão global e adequada da História da Terra e da Vida.

g) Adquirir competências e autonomia para a formulação de propostas de projetos científicos a submeter, especialmente, a programas nacionais da responsabilidade da administração central e regional, num país com uma riqueza paleontológica ainda, em boa parte, por explorar.

h) Ganhar competências que permitam continuar a desenvolver e a adquirir formação ao longo da vida nas áreas disciplinares e afins da Paleontologia, com elevado grau de autonomia, nomeadamente a progressão para um 3.º ciclo de estudos.

Curriculum

Career opportunities

  • Autarquias e Associações de Municípios 
  • Áreas Protegidas 
  • Geoparques
  • Departamentos governamentais 
  • Museus 
  • Investigação
  • Profissão liberal
  • Empresas do setor Energético (Petróleo, Gás Natural e Carvão) 
  • Mestrado reconhecido pelo Ministério da Educação para efeitos da aplicação do Artigo 54.º do Estatuto da Carreira Docente (DL n.º 270/2009 de 30 de Setembro), regulamentado pela portaria n.º 344/2008 de 30 de Abril, aos grupos de recrutamento 230 e 520 do 2.º ciclo e 3.º ciclo de Ensino Básico.

CONHECIMENTOS, CAPACIDADES E COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR PELOS ESTUDANTES

Na aprendizagem, a tónica é posta na elaboração e apresentação de relatórios técnico-científicos e na capacidade de discussão crítica com sólida argumentação. A consolidação de competências no âmbito da pesquisa bibliográfica, escrita cientifíca e o desenvolvimento da comunicação oral são também estimuladas. Há que fornecer competências e qualificações práticas, bem como formação mais aprofundada aos atuais licenciados em Biologia e em Geologia e a um leque alargado de interessados, bem como proporcionar aos docentes do ensino básico e secundário mais adequada preparação para o desempenho da sua atividade. 

O 2.º ciclo de Paleontologia inclui oito disciplinas obrigatórias e duas disciplinas optativas (total de 60 ECTS), no primeiro ano letivo. No segundo ano terá lugar a dissertação aplicando os conhecimentos adquiridos a um caso de estudo. Todas as unidades curriculares terão uma tónica aplicada. Parte das horas de contacto terá lugar no campo ou no laboratório, valorizando e desenvolvendo competências, previligiando a aprendizagem da autonomia como auto desenvolvimento. 

Folheto

See also the Master in Paleontology website (in English)

Propinas

Estudantes nacionais: 1500 Euros/anual

Estudantes internacionais: 1500 Euros/anual
 
Regulation

Schedule

Diurno. Prevê-se que um semestre funcione nas instalações da UE e o outro semestre seja lecionado nas instalações da FCT NOVA.

Applications

1ª Fase: 15 fevereiro a 15 de março

2ª Fase: 1 de junho a 12 de julho

3ª Fase: 25 de julho a 28 de agosto

Os candidatos aceites terão de pagar (no prazo máximo de 7 dias seguidos a partir da data de colocação) uma taxa no valor de 100 euros, não reembolsável, a deduzir, após a matrícula, no valor total da propina.
O não-pagamento dentro deste prazo implica a exclusão automática do candidato. Não são consideradas exceções  nem pagamentos em atrasoQualquer pagamento realizado fora de prazo não será restituídomantendo-se o candidato excluído.

Applications

Entrance requirements for the 2022/2023 academic year

Vacancies for 2022/2023:

15

Admission rules:

  1. Candidatos titulares do grau de licenciado, ou equivalente legal de cursos de Biologia, Geologia, Ciências e Engenharia do Ambiente, Engenharia Geológica, Arqueologia, Geografia, Ensino de Biologia e Geologia ou outras áreas afins; 
  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo; 
  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau licenciado pelo Conselho Científico da Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) da Universidade de Évora (UE) ou pelo Conselho Científico da FCT NOVA; 
  4. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da ECT da UE ou pelo Conselho Científico da FCT NOVA.

Ranking:

 - Habilitações literárias: 60%
  • Classificação das habilitações: 75%
  • Nível de habilitações: 15%
  • Área das habilitações: 10%
  - Análise curricular: 40%
  • Experiência em atividades de investigação: 10%
  • Comunicações em Congressos e afins: 10%
  • Publicações em revistas científicas: 20%
  • Experiência profissional na área do Curso: 50%
A Comissão de Curso poderá recorrer a entrevista, se entender necessário.

Course coordinator:

Professor Paulo Alexandre Legoinha

mp.coordenador@fct.unl.pt

Registration and Accreditation

DGES

Registration number R/A-Cr 46/2012 on 12/06/2012

A3ES

Publication date of the accreditation decision: 05/12/2018

Period of validity of the accreditation:
4 years from

About the Departamento de Ciências da Terra

O Departamento de Ciências da Terra (DCT) da NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA, cujo regulamento foi revisto (DR 99, 2.º série de 23 de Maio de 2011), constitui unidade de ensino graduado e pós-graduado e de investigação, nos domínios da Ciência e Engenharia Geológica e nos destes afins ou interdisciplinares. Cabe-lhe promover o desenvolvimento científico e tecnológico, a prestação de serviços, atividades de extensão universitária e desenvolvimento de atividades de divulgação.

More info