Ensino

Formação especializada em Light & Lighting

“O design da iluminação como prática social nas comunidades urbanas”

ECTS: 16

Objetivos

Este curso visa ensinar as principais ferramentas de luz, entender e desenvolver as capacidades de aplicação à escala 1/1 nas quais, a percepção e a avaliação visual dos ambientes físicos é de extrema importância, bem como o seu contexto social.

As metodologias e ferramentas a aplicar no processo criativo de design da iluminação incluem uma forte base teórica, bem como um conjunto de exercícios práticos. Alargando o vocabulário ligado à iluminação, introduzindo termos, tecnologias e conceitos de projecto permitirá aos estudantes a oportunidade de aprofundarem a dinâmica projectual da disciplina do design de iluminação no espaço urbano. A medição da luz (níveis de luminância e iluminância) irão permitir aos estudantes estabelecerem uma correlação entre níveis de luz e aparência visual.

O desenvolvimento de conceitos de intervenção como parte integrante do processo criativo, bem como o de design de produto (luminária) são parte integrante deste processo criativo. A cidade de Almada será, numa área especifica de intervenção, o objecto de estudo para o desenvolvimento de uma proposta de design.

Introduzindo o valor pesquisa social em projetos de design de iluminação e pensar de forma mais sistemática sobre os contextos sociais e usos do projeto é uma exigência cuja prossecução é fortemente aconselhada aos alunos. Mais que LD, como parte da construção de conjuntos como edifícios e ruas, o nosso campo de trabalho envolve, claramente, relações integradas entre materiais, tecnologias e práticas sociais e a presença de pessoas. Tal é relevante para abordar a complexidade das estruturas espaciais urbanas e todos os seus componentes sociais. A necessidade de integrar o pensamento social por meio do processo de design é parte da estratégia.

Os projetos finais dos alunos serão mostrados numa pequena exposição a ser apresentada na Câmara Municipal de Almada, como parte de sua formação como futuros consultores LD profissionais.

Livro

Adquirir livro

Duração do programa:

Janeiro e fevereiro 2017

A edição do próximo ano inicia-se a 6 de janeiro de 2017.

Plano curricular

Horário de funcionamento:

Sexta-feira e Sábado das 09H00 às 13H00 e das 14H30 às 18H30

Propinas:

Candidatos da UE: 1500 €

Candidatos fora da UE: 2000 €

Candidaturas:

Abertura a 15 de julho

Fecho a 31 de outubro

Estrutura

Design da iluminação como prática social nas comunidades urbanas

Este curso intensivo foi especialmente concebido de modo a permitir que os estudantes (nacionais e internacionais) e profissionais possam conciliar o seu horário com a realização do curso. As aulas e seminários presenciais estão concentradas em dois dias por semana (sextas e sábados) durante dois meses e de acordo com o Sistema Europeu de Transferência de Créditos Bologna (ECTS). 

O Curso, num total de 82 horas, é leccionado em Inglês e assegurado por quatro Professores: Um professor externo (o coordenador do curso) do campo da Urban Lighting Design e membro profissional da IALD; dois Professores do Departamento de Engenharia Eletrotécnica da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA) (16 horas), um Professor do Departamento de Sociologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa (4 horas). Está, ainda, prevista a presença, por convite, de um Professor de uma Universidade Europeia para apresentação de um seminário e presença em tutorial. Profissionais ligados à temática de iluminação poderão vir também a participar ao longo do curso.

O Curso de Estudos Avançados em Light and Lighting e (LL) encontra-se organizado em três Módulos. Cada módulo tem uma avaliação teórica e /ou prática a ser feita numa escala de 0/20.

Módulos principais:

Módulo I. Teoria e Princípios (LT)

Estabelecer relações teóricas entre a física e a radiação da luz

Aquisição de vocabulário básico e abrangente sobre luz e iluminação

Módulo II. Design avançado de iluminação: Processo Criativo (LD)

Ampliando a compreensão do conceito de design. A complexidade dos ambientes nocturnos.

Aplicações à escala urbana.

Módulo III. Prática de iluminação: Integrar a pesquisa social no design (LP)

Pensar de forma mais sistemática sobre o contexto social, as necessidades e a utilização do design no espaço social e urbano.

Projecto final de design de iluminação.

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2016/2017

Vagas para 2016/2017 :

25

Regras de acesso:

Licenciatura em Engenharia, Arquitectura, Paisagismo e Design.

Domínio da língua inglesa

Declaração pessoa escrita.

Se forem pré-seleccionados, os candidatos podem ser convidados para uma entrevista.

Coordenador do curso:

Professora M. J. Pinto-Coelho, BAA, MSc LL, Ph.D. (mjpintocoelho@fct.unl.pt)

Fellow LLD-APDII/ Laboratório de Lighting Designers;

Independent Lighting Architect & Designer | Consultora Internacional | IALD Professional Member (International Association of Lighting Designers);

Comité Executivo da EILD (Encuentro IberoAmericano de Lighting Designers); 

Invited friend of ICA;

Concepteurs Lumière sans Frontières

Sobre o Departamento de Engenharia Electrotécnica

O Departamento de Engenharia Electrotecnica (DEE) constitui uma unidade de ensino e investigação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA),  vocacionada para o progresso,  investigação, qualidade de ensino e prestação à comunidade de serviços especializados na área de Engenharia Electrotecnica e de Computadores.

O DEE/FCT/UNL foi criado em 1993, para promoção do ensino e da investigação científica nos domínios da Engenharia Electrotécnica. No ano lectivo 1994/1995 foi criada a Licenciatura em Engenharia Electrotecnica (LEE). 

Actualmente, o Departamento de Engenharia Electrotecnica tem uma participação maioritária e, consequentemente, a responsabilidade da leccionação de um  Mestrado em Integrado em Engenharia Electrotecnica e de Computadores-MIEEC, um Mestrado em Engenharia Electrotecnica Sistemas e Computadores- MEESC (2º Ciclo - Processo Bolonha), um Mestrado em Energias Renováveis Conversão Eléctrica e Utilização Sustentavel- MERCEUS  (2º Ciclo - Processo Bolonha) e um Programa Doutoral em Engenharia Electrotecnica e Computadores -PDEEC  (3º Ciclo - Processo Bolonha). 

O DEE é constituído por 44 docentes, dos quais 40 são doutorados.

Saber mais