Faculdade

Estudante

Erasmus+ Mobilidades no âmbito do consórcio “High Performance Computing (HPC) and High Performance Data Analytics (HPDA)”

Este tipo de mobilidade europeia, tem como objectivo apoiar o desenvolvimento profissional do pessoal docente e não docente, através de períodos de formação no estrangeiro (excluindo conferências). Este consórcio em particular tem como objectivos principais:

  1. Aumentar a visibilidade da computação de alta performance (HPC), quer na componente de simulação ou de análise de dados (Big Data)
  2. Treinar recursos humanos nas áreas de HPC e HPDA
  3. Efectuar investigação em HPC e HPDA
  4. Aumentar as competências e capacidades dos vários membros do consórcio em computação de alta performance.

Toda a informação referente a esta candidatura pode ser encontrada no edital

Participantes elegíveis:

Estudantes e pessoal docente e não docente que tenham um vínculo contratual com a FCT NOVA. Investigadores no âmbito do DL57 estão contemplados.

Qualquer trabalhador com vínculo contratual à FCT e bolseiros que desempenhem funções administrativas podem usufruir deste tipo de mobilidade.

Local da mobilidade

O beneficiário da bolsa deve realizar a sua mobilidade em qualquer país do programa distinto do país da organização de envio e do país de residência. A Suíça não é elegível.

Instituição de acolhimento

O docente/não docente deve realizar a sua mobilidade em qualquer entidade de acolhimento num dos países europeus do programa.

Neste link pode encontrar um pdf com a lista de instituições com as quais a FCT UNL tem acordos bilaterais. Note-se que o candidato está a concorrer apenas à bolsa de mobilidade e, que no caso de lhe ser atribuída terá que verificar quais as instituições com vagas para acolher a sua mobilidade

Duração da actividade

De 3 a 5 dias para as mobilidades de pessoal para ensino e formação, excluindo o tempo de deslocação, e de 3 ou mais meses para as mobilidades de estudantes. A mobilidade deverá realizar-se até final do 1º semestre do ano lectivo 2021/2022.

Bolsas Disponíveis

Existem 22 bolsas para atribuir, distribuídas da seguinte forma entre mobilidades de pessoal e de estudantes.

Tipo de Mobilidade

Número de fluxos/bolsas

Duração máxima de cada mobilidade

Duração mínima de cada mobilidade

Mobilidade de pessoal para ensino

6

5 dias (**)

3 dias (**)

Mobilidade de pessoal para formação

12

5 dias (**)

3 dias (**)

Mobilidade de estudantes para estudos

4

1 semestre

3 meses

(**) Será pago um dia extra para viagem.

Subvenção de apoio à mobilidade de Estudos

De acordo com os dias previstos da mobilidade será atribuída uma subvenção.

Na tabela seguinte está patente o valor base de referência mensal atribuído a cada mês completo (Calculadora de Bolsas). No caso de meses incompletos, é atribuído o valor de um mês inteiro subtraindo 1/30 do valor mensal por cada dia em falta, com valores arredondados à unidade:

Países do Programa

Apoio Individual Mensal

Estudos SMS

Grupo 1 | Dinamarca, Finlândia, Irlanda, Islândia, Liechtenstein, Luxemburgo, Noruega, Reino Unido, Suécia

400 €

Grupo 2 | Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Espanha, França, Grécia, Itália, Países Baixos, Malta.

350 €

Grupo 3 | Bulgária, Croácia, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Macedónia do Norte, Polónia, República Checa, Roménia, Sérvia, Turquia.

300 €

Subvenção de apoio à mobilidade Ensino/Formação

O pessoal beneficiário receberá uma subvenção comunitária a título de contributo para as suas despesas de deslocação e subsistência durante o período passado no estrangeiro.

  • Deslocação - com base na distância do percurso por participante. A distância do percurso deve ser calculada com recurso à calculadora de distâncias apoiada pela Comissão Europeia.

distâncias de viagem

  • Apoio individual - Com base na duração da permanência por participante (nº dias de formação, excluindo os dias de viagem).

Apoio individual

Candidatura

COMO SE CANDIDATAR

Cada candidatura é composta pela documentação seguinte:

 

a) Estudantes (Mobilidade “Outgoing”)

-  Formulario candidatura HPC - HPDA_Estudantes

- Carta de motivação

- Uma carta de recomendação de docente que tenha acompanhado o percurso do estudante

- Carta de aceitação pela instituição de acolhimento

- Curriculum Vitae incluindo diplomas ou certificados de habilitações

- Histórico escolar

- Demonstração de conhecimentos da língua Inglesa.

 

b) Pessoal docente (Mobilidade “Outgoing”)

-  Formulario candidatura HPC - HPDA_Staff_docente

- Carta de motivação

- Plano de trabalhos incluindo:

No caso de mobilidades para formação: (1) descrição da formação, (2) apresentação da sua agenda e (3) objetivos no âmbito da formação do candidato

No caso de mobilidades para ensino: (1) descrição da formação a dar e os seus objectivos e (2) plano da formação acompanhado de diagrama de Gantt.

- Carta de aceitação da instituição de acolhimento (no caso de mobilidades para ensino) ou confirmação da inscrição na formação (no caso de mobilidades para formações).

- Curriculum Vitae

 

c) Pessoal não docente (Mobilidade “Outgoing”)

-  Formulario candidatura HPC - HPDA_Staff não docente

- Carta de motivação

- Carta de recomendação do superior hierárquico sobre a adequabilidade da formação

- Plano de trabalhos com (1) descrição da formação, (2) apresentação da sua agenda e (3) objetivos no âmbito da formação do candidato

- Carta de aceitação da instituição de acolhimento ou confirmação da inscrição na      formação

- Curriculum Vitae

 

PERÍODO DE CANDIDATURAS

O período de candidaturas decorre desde o dia 15.01.2021 até às 23 horas do dia 15.02.2021. As candidaturas completas devem ser enviadas por correio eletrónico para div.a.cc@fct.unl.pt

 

INÍCIO DAS MOBILIDADES

As mobilidades atribuídas têm início a 1 de Maio de 2021.

 

Critérios de selecção

AVALIAÇÃO DAS CANDIDATURAS

As candidaturas serão avaliadas por um júri constituído por um membro de cada instituição parceira do consórcio. A avaliação das candidaturas compreende três passos: (1) Admissão das candidaturas, (2) classificação e seriação das candidaturas e (3) publicação dos resultados.

 

(1)   Admissão das candidaturas

Não serão admitidas a concurso as candidaturas enviadas fora do prazo ou incompletas. No caso dos estudantes do 1º ciclo só serão aceites candidaturas em que o candidato já tenha realizado pelo menos 60 ECTS nas unidades curriculares do curso que frequenta.

(2)   Critérios de classificação e seriação incluindo a ponderação de cada critério

 

  1. Estudantes

Motivação científica e/ou técnica com enfâse na utilização de HPC/HPDA nos seus estudos académicos (30%); Mérito académico (ECTs realizados, número de unidades curriculares realizadas e suas classificações; 40%); Mérito científico (trabalho de investigação realizado (palestras apresentadas em conferências e artigos publicados; 30%).

  1. Pessoal não docente - Mobilidades para formação: Motivação com enfâse na aprendizagem de métodos e técnicas de HPC/HPDA (35%); Plano de trabalhos e a sua adequação aos objetivos do candidato e às necessidades da instituição, explicitando como a formação proposta beneficiará a sua formação, os seus projetos ou necessidades da instituição e as dificuldades que irá suprir (25%); Mérito científico (experiência em HPC/HPDA do ponto de vista de administração e de utilizador; 40%).

 

  1. Pessoal docente e investigador - Mobilidades para formação: Motivação com enfâse na aprendizagem de métodos e técnicas de HPC/HPDA (30%); Plano de trabalhos e a sua adequação aos objetivos científicos e às necessidades dos projetos do candidato e da instituição, explicitando como a formação proposta beneficiará os seus projetos em curso e as dificuldades que irá suprir (20%); Mérito científico (publicações em revistas com arbitragem científica (15%), palestras apresentadas em conferências internacionais e em instituições (10%), projetos científicos (10%), investigação/ensino/utilização de métodos e técnicas de HPC/HPDA (15%)).

 

  1. Pessoal docente - Mobilidades para ensinar em IES: Motivação com enfâse no ensino de métodos e técnicas de HPC/HPDA (30%); Plano de trabalhos e a sua adequação aos objetivos pedagógicos e científicos e às necessidades da instituição de acolhimento (20%); Mérito científico (publicações em revistas com arbitragem científica (15%), palestras apresentadas em conferências internacionais e em instituições (10%), projetos científicos (10%), investigação/ensino/utilização de métodos e técnicas de HPC/HPDA (15%)).

Além do cumprimento dos critérios mencionados serão dadas as seguintes prioridades: (a) estudantes de ciclos de estudos mais avançados; (b) candidatos que vão em mobilidade pela primeira vez.

 

Resultados

O resultado da candidatura será transmitido por e-mail ao candidato até 28.02.2021. A lista de candidatos selecionados e na reserva estará disponível nesta página.

ESCLARECIMENTOS E CONTACTOS

Para mais esclarecimentos contactar div.a.cc@fct.unl.pt