Faculdade

Notícias

A Universidade NOVA com posição de destaque em rankings internacionais

07-12-2016

A Universidade NOVA com posição de destaque em rankings internacionais

Conforme amplamente divulgado pela imprensa nacional, a Universidade Nova de Lisboa classificou-se na 41ª posição na edição de 2016/17 do ranking "QS Top 50 under 50", subindo assim quatro lugares face ao ano anterior. 

Este ranking, um dos mais importantes para universidades mundiais com menos de 50 anos, baseia-se nos resultados do conhecido e reputado QS World University Rankings que a NOVA já integrava, sendo, pelo quarto ano consecutivo, a única universidade portuguesa presente entre as 50 melhores.

O QS World University Rankings – de onde é extraído o QS Top 50 under 50 - é divulgado anualmente tendo por base a análise de cerca de 3.800 universidades em todo o mundo e de vários indicadores, tais como a reputação académica, reputação dos empregadores, número de citações, rácio professor-aluno, corpo docente internacional e estudantes internacionais.

A Universidade NOVA de Lisboa foi igualmente considerada uma das 100 melhores universidades com menos de 50 anos num ranking mundial compilado pela “Times Higher Education”. O ranking vai já na sua 3.ª edição, sendo que a NOVA integra a seleção final desde a 1.ª edição.

A Universidade Nova também é destaque no ”CWTS Leiden Ranking” liderando, em Portugal, a lista que mede o desempenho, a qualidade e ao impacto da produção científica das 750 principais universidades mundiais. Na primeira edição do ranking (2011/2012) ocupava a 4.ª posição a nível nacional e na mais recente edição ocupa agora a 2.ª posição. Em termos de posicionamento europeu, a NOVA ocupa a posição 189 e a nível mundial a posição 404. Este ranking mede o desempenho científico de 750 universidades a nível mundial, utilizando para tal um conjunto de indicadores bibliométricos, com o objetivo de aferir o impacto das publicações científicas de uma instituição.

Outro ranking importante no qual a NOVA está presente é o “U-Multirank”, ranking global compilado e financiado pela Comissão Europeia. A Universidade NOVA recebeu as melhores notas ('A') em vários indicadores de pesquisa, incluindo o número de publicações de pesquisa, o rendimento de pesquisa externa, o número de posições de pós-doc e a sua percentagem de publicações interdisciplinares. O impacto científico da universidade também é reconhecido por dezenas de classificação 'B' em relação à sua taxa de citação. Algo semelhante verifica-se no que diz respeito às actividades de transferência de conhecimentos da NOVA. As ligações à indústria e aos negócios refletem-se nas altas fontes de rendimento com origem em fontes privadas e na classificação 'A' atribuída ao número de negócios spin-offs. Enquanto isso, muitas publicações da NOVA são citadas em pedidos de patentes o que mostra um seu forte compromisso com a pesquisa aplicada.

O U-Multirank inclui atualmente os dados de mais 1200 instituições de ensino superior, de 85 países diferentes, e desenvolve uma abordagem inovadora e multidimensional, através de uma ferramenta de análise comparativa do desempenho das instituições em 31 indicadores, organizados em 5 grupos distintos: ensino e aprendizagem, investigação, transferência de conhecimento, orientação internacional e envolvimento regional.

A NOVA foi classificada com a pontuação máxima (categoria A – Very Good) em 13 dos 31 indicadores de avaliação utilizados, sendo que os indicadores em que a NOVA obteve a classificação máxima foram os seguintes:

Research – Research publications (absolute numbers); Research publications (size-normalised); External research income; Interdisciplinary publications; Post-doc positions

Knowledge Transfer – Income from private sources; Spin-offs; Publications cited in patents

International Orientation – Student mobility; International academic staff; International joint publications

Regional Engagement – Master graduates working in the region; Regional joint publications

 

Mais informações em: