Ensino

Curso de Iniciação à Investigação em Informática

Área científica predominante: Informática

O Curso de Iniciação à Investigação em Informática tem como objetivo expor o estudante a vários aspetos relevantes da investigação científica em Informática, desenvolver o seu sentido crítico, criatividade, capacidade de comunicação oral e escrita, na língua inglesa, dos resultados científicos e fomentar o desenvolvimento de autonomia científica. O curso pretende que os alunos ganhem competências na prática de trabalho científico, com ênfase no desenvolvimento de um projeto de investigação científica original.

O trabalho é enquadrado no âmbito de um projeto de investigação a decorrer no NOVA LINCS – Nova Laboratory for Computer Science and Informatics ou noutra unidade de investigação e desenvolvimento com que o centro tenha parcerias, ficando cada estudante sob a supervisão de um orientador doutorado integrado numa dessas instituições

Duração

O curso está organizado em 4 níveis de formação, entre nível 1 e nível 4, que são atingidos de acordo com o número de UCs concluídas, entre um mínimo de 3 meses / 1 ECTS e um máximo de 12 meses / 6 ECTS.

O curso é composto por 4 Unidades Curriculares (III1 – Introdução à Investigação em Informática 1, III2 – Introdução à Investigação em Informática 2, III3 – Introdução à Investigação em Informática 3 e III4 – Introdução à Investigação em Informática 4) com durações de 3 meses cada. A inscrição numa unidade curricular requer a aprovação anterior na UC que a precede (e.g., a inscrição na III3 depende da conclusão prévia da III2).

Objetivos

O curso pretende formar o estudante na prática da atividade científica direcionada para a Informática.
 
Como objetivos globais de aprendizagem pretende-se que o aluno:
- Adquira capacidade de análise crítica de literatura científica e de resultados científicos;
- Desenvolva a capacidade de interpretar dados científicos;
- Demonstre espírito crítico e de iniciativa científica;
- Desenvolva a capacidade de comunicar e discutir resultados recorrendo a linguagem científica apropriada, de forma sucinta e clara;

Metodologias de ensino e aprendizagem

Cada aluno será orientado individualmente por um membro integrado de uma unidade de investigação. Em todas as UCs, o aluno começará por realizar pesquisa bibliográfica sobre o tema de investigação científica e preparar, em articulação e discussão com o seu orientador, um plano detalhado para o projeto de investigação científica proposto.

Durante o seu trabalho laboratorial, o aluno será integrado num projeto nacional ou internacional em curso na unidade de I&D, e na equipa de I&D que o está a desenvolver. Essa equipa, em articulação com o orientador, fornecerá ao aluno toda a formação necessária para desenvolver o seu trabalho e para analisar os resultados obtidos. O aluno será também integrado nas reuniões periódicas do projeto, quer internas, quer com os restantes parceiros do projeto (se aplicável), onde irá desenvolver competências de discussão e comunicação científica. Nos níveis mais avançados do curso (3 e 4) pretende-se que todas essas competências adquiridas pelo aluno sejam aprofundadas, permitindo construir gradualmente o seu perfil de investigador e fomentar a sua independência científica.

No final de cada unidade curricular o aluno fará um relatório relativo às atividades desenvolvidas no seu trabalho de investigação. Nos níveis mais avançados (3 e 4) irá também existir uma apresentação e discussão oral sob a forma de um seminário.

A nota final em cada uma das unidades curriculares será obtida de acordo com o processo de avaliação de cada unidade curricular, que está detalhado na ficha de cada UC. Em todas as UCs, a classificação final do aluno é expressa de 0 a 20 da escala numérica inteira, tendo aprovação se a sua classificação for igual ou superior a 9,5.

A nota final do curso é expressa no intervalo de 10-20 da escala numérica inteira. Uma vez que o curso poderá ter 4 durações diferentes, a classificação final do curso será a média ponderada da classificação obtida em cada uma das UCs frequentadas.

Custo da formação

1 ECTS: 25 Euros

2 ECTS: 50 Euros

4 ECTS: 100 Euros

6 ECTS: 150 Euros

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2021/2022

Vagas para 2021/2022:

 

Regras de acesso:

1. Podem ser admitidos a este curso de formação com investigação Licenciados (1º ciclo) ou Mestres (2º ciclo) ou detentores de graus equivalentes Europeus, com formação nas áreas consideradas adequadas à investigação científica em Informática. Candidatos que não cumpram estes requisitos poderão ser considerados mediante parecer positivo da Coordenação do Curso.

2. A candidatura deverá ser formalizada com a submissão de curriculum vitae, certificado de habilitações com média final, e programa de trabalhos assinado pelo orientador, podendo o candidato juntar documentação adicional que considere relevante.

3. A apresentação de um documento comprovativo de seleção para atribuição de bolsa de investigação no âmbito de projeto de investigação é considerada fator preferencial à admissão.

4. As candidaturas e matrículas estão abertas em permanência.

Coordenação

Professor Doutor Bernardo Toninho
Professor Doutor João Leite
Professor Doutor Luís Caires