Notícias

Notícias

Projecto SHCITY distinguido com o selo do Ano Europeu do Património Cultural

24-01-2018

Projecto SHCITY distinguido com o selo do Ano Europeu do Património Cultural

O Projecto Smart Heritage City (SHCity) teve início em 2016, no âmbito do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), programa Interreg V Sudoe, e o seu desenvolvimento está a cargo de uma equipa multidisciplinar de Espanha, França e Portugal, constituída por técnicos e investigadores da Fundação Santa Maria la Real do Património Histórico, Instituto Tecnológico AIDIMME, Centro Tecnológico CARTIF, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores), NOBATEK, Centro Tecnológico TECNALIA e a Câmara de Ávila.

O consórcio reuniu-se recentemente em Bordéus para que os membros do consórcio reunissem e discutissem os avanços realizados nos últimos meses e para apresentar o projeto na cidade francesa. O encontro aconteceu logo depois do projeto SHCity ter sido distinguido com o selo do Ano Europeu do Património Cultural 2018, no qual a União Europeia irá promover ao longo do ano de 2018 os trabalhos que contribuem com “valor acrescido para o património”.

O projeto, que tem Ávila como cidade piloto, consiste na instalação, em 26 espaços do conjunto histórico, de uma rede de 230 sensores e dispositivos que controlarão em tempo real uma série de parâmetros ambientais ou estruturais, bem como outros relacionados com a segurança, consumo energético ou o fluxo de visitantes.

O SHCity inclui, igualmente, o desenvolvimento de uma aplicação destinada a turistas, que aproveitará a informação recolhida pelos sistemas de monitorização e terá um enfoque mais divulgativo, orientado a consciencializar os visitantes e a sociedade para a importância de preservar adequadamente o património. Está prevista também a instalação de painéis interativos, para que as pessoas invisuais possam ter acesso a determinados dados de interesse.

Para mais informação www.shcity.eu