Notícias

Notícias

FCT NOVA com dois projetos aprovados na luta contra o COVID-19

23-04-2020

Research for Covid FCT

A FCT NOVA conta com dois projetos aprovados no âmbito do financiamento excecional criado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) para dar resposta à pandemia por COVID-19. No total, 1,8 milhões de euros vão apoiar 66 projetos que respondem às necessidades do Serviço Nacional de Saúde através da linha de financiamento dedicada ao Research 4 COVID-19. O anúncio teve lugar no dia 21 de abril.

A investigadora Paula Videira, líder do laboratório Glycoimmunology Group da UCIBIO na FCT NOVA, coordena o projeto "GLYCOVID-19 Testing existing glycan-based drugs to neutralize SARS-CoV-12" . Este grupo de trabalho irá testar compostos baseados em glicanos e plasma convalescente quanto ao seu potencial para neutralizar a entrada de SARS-CoV-2 durante a infeção. "Os testes levarão menos de três meses para serem implementados, e os compostos efetivos poderão ser sugeridos para ensaios clínicos pelo Serviço Nacional de Saúde”, afirma a investigadora. Paula Videira explica também que “os glicanos são os principais mediadores de infeções por coronavírus, influenciando a sua entrada nas células". O consórcio inclui, além da UCIBIO da FCT NOVA, as empresas CellmAbs, Pharma73, VectorB2B, e as entidades do SNS, INSA, IPO-Porto, Hospital de São João e o Centro Hospitalar Universitário do Porto.

António Grilo, investigador e coordenador do UNIDEMI na FCT NOVA, está à frente do projeto "Ventilador de emergência minimalista por pressão controlada para COVID-19". O investigador explica que será desenvolvido "o ventilador de emergência minimalista por pressão controlada tendo como destinatários os pacientes do COVID-19 nos cuidados intensivos dos Hospitais do SNS. Existe um enfoque particular em Hospitais de Campanha com necessidade de ventilação intrusiva." Este grupo de trabalho, que inclui também as unidades de investigação CTS e LIBPhys da FCT NOVA, visa desenvolver um projeto demonstrador, considerando a construção de 20 protótipos (10 pela equipa da FCT NOVA e 10 pela equipa do Laboratório de Instrumentação Física Experimental da Universidade de Coimbra - LIP - Coimbra) e a realização de dois pilotos em ambiente hospitalar. Neste consórcio participa ainda a NOVA Medical School

Parabéns às equipas vencedoras na linha da frente para o combate ao COVID-19!

 

Na imprensa

"Covid-19: FCT apoia 66 projectos com 1,8 milhões de euros" (Público)

Universidade Nova de Lisboa vai testar bloqueadores do vírus da Covid-19” (Exame Informática)

“Cientistas portugueses querem "evitar a entrada" do SARS-CoV-2” (Observador)