Notícias

Notícias

FCT NOVA recebe Hiroshi Ishii, pioneiro na investigação de Tangible User Interfaces

25-11-2019

Hiroshi Ishii

A FCT NOVA recebe Hiroshi Ishii, professor e investigador do MIT Media Laboratory, para a 8.ª edição da Distinguished Lecture Series do Departamento de Informática da FCT NOVA e do NOVA LINCS, no dia 19 de dezembro.

Na sua palestra “Making Digital Tangible: the battle against the pixel empire”, Ishii irá apresentar o seu percurso de investigação, desde os “Tangible Bits” até aos “Radical Atoms”, que integram a sua mais recente visão para o futuro da Interação Homem-Material, na qual toda a informação digital possui uma manifestação física, permitindo-nos interagir diretamente com ela. Esta trajetória será ilustrada através de uma variedade de projetos de design de interação que foram apresentados e exibidos em diversos eventos académicos, científicos e artísticos incluindo Association for Computing Machinery’s Special Interest Group on Computer Human Interaction (ACM SIGCHI), Ars Electronica, Centre Pompidou, Victoria and Albert Museum, Cooper Hewitt Design Museum.

Hiroshi Ishii é Professor Jerome B. Wiesner no MIT Media Laboratory. Depois de entrar no MIT Media Lab em 1995, Ishii fundou o Tangible Media Group. Entre 1988 e 1994, liderou o grupo de investigação CSCW (Computer-Supported Cooperative Work) no NTT Human Interface Laboratories, no Japão, onde ele e a sua equipa inventaram o TeamWorkStation e o ClearBoard.

Ishii é fundador da área de investigação “Tangible User Interfaces (TUI)”, baseada no artigo da CHI'97 “Tangible Bits” apresentado por Brygg Ullmer em Atlanta, Geórgia, que deu origem à ACM International Conference on Tangible, Embedded and Embodied Interaction (TEI) em 2007.

Algumas das suas ideias contribuíram para o design da interface usada por Tom Cruise no filme de Stephen Spielberg "Minority Report".

Em 2019, Hiroshi Ishii foi galardoado com o SIGCHI Lifetime Research Award da Association for Computing Machinery (USA), pelas suas contribuições fundamentais para a investigação no campo da interação homem-computador no último quarto de século.