Como é feita a média final dos Mestrados Integrados?

A média final dos Mestrados Integrados é normalmente calculada como qualquer outra: o somatório da nora de cada UC x os seus ECTS a dividir por 300 ECTS (total dos ECTS do Curso).

Em julho de 2017 saiu o Despacho N.º 13/2017 que explica a transição do método de cáclulo antigo para o actual.

Porque poderá ser importante para os empregadores ou para os concursos a bolsas, no novo modelo de certidões dos Mestrados Integrados passarão a figurar, para além da média obtida no mestrado pela realização dos 300 ECTS, a média correspondente aos três primeiros anos curriculares do curso, que confere o grau de Licenciado (180 ECTS), e a média dos dois últimos anos do curso, correspondentes às unidades curriculares da especialidade (120 ECTS).