Notícias

Notícias

NOVA FCT assinala 50 anos do 25 de Abril com diversas iniciativas ao longo do ano

01-02-2024

Na foto: detalhe do convite da exposição "A Liberdade está a passar por aqui", de Fernando Quintas

A NOVA FCT, em colaboração com a Biblioteca, está a organizar uma série de iniciativas que pretendem assinalar os 50 anos do 25 de Abril. Uma data fundamental na história portuguesa, que inicia um longo e sólido processo de democratização, materializando-se na  sociedade plural e diversificada que hoje conhecemos.

Vários momentos interligados vão ter lugar ao longo do ano, dentro e fora da Biblioteca e nas redes sociais. O primeiro acontece já no dia 15 de fevereiro, com a inauguração às 17h00 da exposição “A Liberdade está a Passar por Aqui”. A partir de desenhos de Fernando Quintas (FBAUL/VICARTE), com curadoria de José Moura e Ana Alves Pereira, a mostra inspira-se na canção “Maré Alta”, de Sérgio Godinho, e pretende, segundo as palavras do artista, “de forma ampla, subtil e inclusiva, aludir aos murais revolucionários que foram pintados ao longo de vários anos em cidades, vilas e aldeias portuguesas, e em todos os lugares onde se sentia a dinâmica de uma sociedade que exigia uma mudança de costumes, hábitos e políticas. Nos anos que se seguiram à revolução de 1974, a arte desceu à rua, acompanhou os movimentos das pessoas, ocupou paredes, bairros e cidades inteiras, com as suas mensagens reivindicativas e assertivas, transmitidas através de composições dinâmicas, de um cromatismo gritante que não deixava ninguém Indiferente”. A exposição estará patente, na Sala de Exposições da Biblioteca, até dia 29 de abril.

Entre 15 de abril e 27 de junho, o jardim da Biblioteca acolhe a instalação “Jardins de abril” de Ana Matilde Sousa, Hugo Almeida, Ivo Louro, jovens artistas que apresentam uma experiência sensorial que desafiará os visitantes.

Memória de abril”- a partir de fotografias de Mário Varela Gomes, é a terceira exposição que irá marcar a efeméride. De 11 de abril a 31 de maio, poderá ver o resultado do trabalho deste fotógrafo que foi capaz de captar, através da lente da sua máquina, muitas das emoções e o pulsar dos acontecimentos da época. Esta coleção que vai estar patente no Preguiçódromo da Biblioteca NOVA FCT, conta com a colaboração da Fundação Mário Soares e Maria Barroso e o apoio do American Corner.

A "Liberdade" será, também, o tema do Ciclo de Cinema de 2024. Em cinco filmes, com linguagens e geografias muito diferentes, são apresentadas reflexões sobre a liberdade e a falta dela. No final da projeção de cada filme, haverá espaço para debate. Este ciclo resulta de uma parceria entre a Biblioteca da NOVA FCT, a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) e o Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia (CIUHCT). A lista dos filmes que integram este ciclo pode ser consultada aqui.

Celebramos igualmente o livro e a leitura, sem entraves nem condicionantes. Ao longo de 50 semanas, será dado destaque a um livro proibido, em diferentes épocas e regiões, e a livros em que a liberdade é o tema central. O destaque a estes livros pode ser acompanho nas redes sociais da Biblioteca da NOVA FCT, através da #50livrosparaaliberdade ou no site em https://www.biblioteca.fct.unl.pt/noticias/2024/01/50-livros-para-liberdade.

Todas estas iniciativas são de entrada livre e abertas à comunidade envolvente e podem ser acompanhadas através do Blog da Biblioteca.

Queremos celebrar Abril com todos!

 

Na imprensa