Licenciatura em Engenharia Informática

Ensino

Licenciatura em Engenharia Informática

A Licenciatura em Engenharia Informática é um curso de 1.º ciclo, compatível com os princípios de Bolonha, que visa fornecer aos diplomados uma formação de base em Engenharia Informática sólida, coerente e abrangente, que poderá posteriormente ser aprofundada em formação especializada ao nível do segundo ciclo. 

A Informática é vital para a sociedade moderna, tendo os sistemas informáticos tornado-se ubíquos nas mais variadas áreas da atividade humana, do Entretenimento à Medicina, da Agricultura às Artes, dos Serviços Públicos à Banca e Comunicações. A Engenharia Informática é a disciplina técnica e científica que permite conceber e construir os serviços, sistemas e produtos que suportam estas atividades, incluindo sistemas de informação empresariais, serviços como o Google, o Facebook, o Netflix, os sistemas para automóveis autónomos e de agricultura de precisão, os jogos de computador e aplicações de realidade aumentada, os media, as aplicações móveis e Web, os serviços de Cloud Computing e as soluções para a Internet das Coisas e de comunicações, bem como os sistemas de cripto-moedas e plataformas Blockchain.

A NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA  é pioneira no ensino da Engenharia Informática em Portugal, aliando excelência de ensino e de investigação acumuladas em quase 50 anos de experiência. Os docentes do curso possuem vasta experiência e capacidade de inovação, articulando o ensino com a investigação no Centro de Investigação NOVA LINCS, um Centro de Excelência na área da Informática e Ciência da Computação. A Licenciatura em Engenharia Informática assenta nesta experiência, em articulação com parceiros empresariais e complementada com a atuação de consultores externos, consubstanciando uma visão atualizada sobre a formação inicial do Engenheiro Informático de conceção.

Objetivos

A Licenciatura em Engenharia Informática tem como objetivo formar Engenheiros Informáticos com uma formação de base sólida, coerente e abrangente, permitindo uma integração na atividade profissional compatível com o grau de qualificação E1 da Ordem dos Engenheiros. A formação obtida pode ser aprofundada, sendo o primeiro passo na formação de Engenheiros Informáticos de conceção habilitados a desenvolver atividades de projeto, liderança e inovação.

A estrutura curricular fornece uma formação sólida e abrangente em Informática, e nas disciplinas fundamentais para um Engenheiro. Esta formação é complementada com um conjunto de competências transversais nas áreas da comunicação e ciência, tecnologia e sociedade.

O curso oferece a oportunidade de realizar um projeto de engenharia ou de iniciação à investigação, que pode ser realizada em contexto empresarial, de laboratório de investigação ou outro.

Nos últimos vinte anos, o Departamento de Informática da FCT NOVA graduou cerca de dois mil licenciados e mestres em Engenharia Informática.

Plano curricular

Saídas profissionais

Empregabilidade plena, com antigos alunos a ocupar posições de liderança em empresas nacionais e internacionais de referência, desenvolvendo carreiras com projeção internacional reconhecida e criando empresas inovadoras que operam no mercado global.

Os nossos profissionais ingressam em empresas tecnológicas e start-ups, atuando quer em organizações e empresas Portuguesas como em empresas internacionais, em áreas tão diversas como a Inovação e Transformação Digital, a Saúde Pública e Medicina Personalizada, o Entretenimento e Sistemas de Comunicações, a Agricultura Digital, a Cibersegurança, a Segurança do Software, as Artes, a Banca e os Serviços Financeiros.

Propinas 2021/2022

Estudantes nacionais: 697 Euros/anual

Estudantes internacionais: 7000 Euros/anual
 
(Os estudantes de países da CPLP poderão candidatar-se a uma redução de até 50% da propina, mediante a avaliação das seguintes condições:

a) 1.º Inscrição: os estudantes devem evidenciar através dos seus certificados académicos que o seu desempenho escolar se situa no primeiro quartil da escala de avaliação utilizada no sistema do seu país ou escola de origem;
b) Inscrições posteriores (independentemente do ano de ingresso): exclusivamente por mérito escolar, isto é, aprovação em todas as UC em que o estudante se inscreveu no ano anterior, perfazendo 60 ECTS em cada ano.)

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2021/2022

Vagas para 2021/2022:

170

Provas específicas:

Um dos seguintes conjuntos:

19 Matemática A ou

04 Economia + 19 Matemática A ou

07 Física e Química + 19 Matemática A

Classificação mínima na(s) prova(s) específica(s): 95

Classificação mínima na candidatura: 95

Fórmula de ingresso:

60% da classificação final do Secundário
40% da classificação final na(s) prova(s) específica(s)

Coordenador do curso:

Professor Nuno Preguiça

lei.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Cr16/2021 em 28/01/2021

A3ES

Data de publicação da decisão de acreditação: 22/01/2021

Validade da acreditação:
6 anos contados a partir de 31/07/2020

Sobre o Departamento de Informática

O Departamento de Informática é uma instituição pioneira e de referência no ensino superior e na investigação científica em Informática em Portugal, tendo já formado milhares de engenheiros informáticos. Atualmente é responsável pela formação de mais de 1200 alunos inscritos em vários cursos e em diversos níveis de formação.

Muitos dos nossos docentes estão associados ao desenvolvimento da Informática no País, por exemplo, na primeira ligação nacional à Internet, na formação dos primeiros doutorados, e na afirmação de Portugal na investigação e inovação em Informática.

Saber mais