Faculdade

Candidaturas Abertas

Titulares de Cursos Superiores, Médios e Pós-Secundários

 

Submeter candidatura online (Titulares de cursos superiores, médios e pós secundários)

 

Quem pode candidatar-se

São abrangidos por este concurso os estudantes que, cumulativamente:

  1. Sejam titulares do grau de bacharel, licenciado, mestre ou doutor; 
  2. Sejam titulares de um diploma de especialização tecnológica obtido nos termos do Decreto-Lei n.º 88/2006, de 23 de maio;
  3. Sejam titulares de um diploma de técnico superior profissional obtido nos termos do Decreto-Lei n.º 43/2014, de 18 de março;
  4. Não estejam abrangidos pelo estatuto de estudante internaciona

Nota: Os titulares dos extintos cursos do Magistério Primário, de Educadores de Infância e de Enfermagem Geral que comprovem, simultaneamente, a titularidade de um curso do ensino secundário, complementar do ensino secundário ou do 10º/11º anos de escolaridade podem concorrer no âmbito deste concurso especial.

 

Cursos a que se podem candidatar

  1. Os candidatos a que se refere a alínea a) do ponto anterior podem candidatar-se a qualquer curso. 
  2. No caso dos candidatos a que se referem as alíneas b) e c) têm prioridade os cursos com protocolo com a FCT-UNL.

Condições de acesso

Regulamento da FCT NOVA

Regulamento da FCT NOVA (Diário da República)

Na sequência da publicação do Decreto-Lei n.º 113/2014 de 16 de julho, e não se encontrando ainda publicado em Diário da República a revisão do Regulamento da FCT_UNL, chama-se a atenção do seguinte:

No caso dos Titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET) e Titulares de um diploma de técnico superior profissional (CTSP), a candidatura a um ciclo de estudos de licenciatura ou integrado de mestrado está condicionada:

  1. À realização dos exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso exigidas para o ingresso no ciclo de estudos em causa através do regime geral de acesso e ingresso regulado pelo Decreto-Lei n.º 296-A/98, de 25 de setembro; e
  2. À obtenção nesses exames de uma classificação não inferior à classificação mínima fixada pela instituição de ensino superior nos termos do artigo 25.º do Decreto-Lei n.º 296-A/98, de 25 de setembro.

Critérios de seriação

A ordenação final dos candidatos é feita de acordo com o valor F, resultante da aplicação da seguinte fórmula:

F = Mc + (Mr x ECTSr/ECTSt)

- Mc - classificação final do curso médio ou superior, ou classificação final obtida no diploma de especialização tecnológica, consoante os casos; 

- Mr - Média das unidades curriculares relevantes do ponto de vista programático, entendendo-se como tal as unidades curriculares que serão posteriormente creditadas no ciclo de estudos a que se candidata, realizadas no curso médio ou superior anterior ou no curso de especialização tecnológica;

- ECTSr - Número de ECTS das unidades curriculares relevantes do ponto de vista programático para o ciclo de estudos a que se candidata, realizadas no curso médio ou superior anterior ou no curso de especialização tecnológica;

- ECTSt – Número total de ECTS do ciclo de estudos a que se candidata.

 

Documentos necessários para a candidatura

  • Preenchimento do formulário electrónico;
  • Documento de identificação (B.I. ou cartão de cidadão);
  • No caso de Titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET) e Titulares de um diploma de técnico superior profissional (CTSP) é necessária ficha dos exames nacionais do ensino secundário, emitida pelo Ministério da Educação (Ficha ENES);
    Exemplo deste tipo de documento: PDF
  • Certificado de habilitações com todas as disciplinas discriminadas;
  • Programas de todas as disciplinas realizadas, com indicação da respectiva escolaridade e ano de validade; os programas deverão estar ordenados alfabeticamente, a fim de facilitar a respectiva análise pelos docentes.
  • Pagamento dos respectivos emolumentos: € 70 (As referências Multibanco serão geradas automaticamente no acto da candidatura). Esta taxa não é reembolsável em nenhuma situação.

 

Cursos e vagas

Calendário do concurso 2020/21

Período de candidatura: 1 a 26 de junho

Divulgação dos resultados:  31 de julho

Pedido de matrícula digital:  31 de julho a 2 de agosto

Matrícula digital: 31 de agosto a 7 de setembro

Reclamação sobre colocações: até 2 de agosto

Decisão sobre reclamações: até 7 de setembro

Matrícula para reclamações atendidas: até 18 de setembro

Resultados do concurso

Matrículas

São feitas digitalmente (mediante pedido do interessado no prazo indicado no calendário do concurso).

Creditação de conhecimentos

A creditação de conhecimentos e competências académicas, profissionais ou adquiridas pode ser requerida pelos interessados, no acto da matrícula, mediante entrega dos programas autenticados das unidades curriculares a que é requerida creditação.

Custos da creditação de conhecimentos (conforme tabela de emolumentos da UNL)

Regulamento de creditação de conhecimentos da FCT NOVA

Propinas e seguro escolar

a) As propinas são devidas no ato de matrícula ou inscrição, podendo ser pagas em prestações, nos termos do regulamento aprovado.
b) O facto de os estudantes não frequentarem o curso ou desistirem não lhes confere o direito à restituição das importâncias pagas, nem à anulação da dívida.

O valor integral das propinas para 2020/21 é: 697 €.

Forma de pagamento: exclusivamente por Multibanco.

Seguro escolar: 1,40 €