Mestrado em Engenharia Mecânica

Ensino

Mestrado em Engenharia Mecânica

O novo Mestrado em Engenharia Mecânica (MEMc) da NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA terá a sua 1ª edição no ano letivo de 2021-2022 e resulta da desintegração do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica, que funcionou desde 2008, e formou, desde então, mais de 600 Mestres em Engenharia Mecânica.

Com um corpo docente experiente e qualificado, o MEMc, à semelhança do anterior Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica, é um curso de banda larga e espera-se que, por esse motivo, continue a apresentar elevados níveis de empregabilidade e a ter uma excelente recetividade por parte das empresas e empregadores.

O Mestrado em Engenharia Mecânica possibilita o exercício competente da profissão de Engenheiro Mecânico, em Portugal ou no estrangeiro. As Unidades Curriculares do curso incluem, a par com a Engenharia Mecânica, a lecionação de matérias de Engenharia e Gestão Industrial, de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, de Investigação Operacional e de Métodos Numéricos para a Engenharia.

Objetivos

O Mestrado em Engenharia Mecânica da NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA tem como objetivo principal formar Engenheiros aptos a investigar, conceber, projetar, otimizar, automatizar, fabricar, implementar, operar, manter e gerir diversos sistemas mecânicos e eletromecânicos, complexos e de alto valor acrescentado, em ambientes de colaboração multidisciplinar, num mundo VICA (volátil, incerto, complexo e ambíguo).

Paralelamente, é um mestrado que permite aos alunos: 

  • desenvolver aptidões para projetar e gerir sistemas complexos;

  • caracterizar necessidades de mercado, defini-las, e deduzir um processo de conceção, projeto, fabrico e comercialização de produto; 

  • elaborar planos de negócios para desenvolver uma ideia empreendedora;

  • adquirir competências para desenvolver pensamento crítico e estruturado que permita abordar problemas da sociedade e formular propostas de solução;

  • desenvolver competências para o prosseguimento de estudos de Doutoramento em qualquer universidade.

Destinatários

O Mestrado em Engenharia Mecânica destina-se a:

  • Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em Engenharia Mecânica ou afim; 

  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro em Engenharia Mecânica ou afim, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos com os princípios do Processo de Bolonha ou que seja reconhecido como tal pelo Conselho Científico da FCT NOVA.

Os candidatos serão seriados considerando os seguintes critérios:

  • Classificação do curso;
  • Currículo académico e científico;
  • Currículo profissional;
  • Eventual entrevista.

Saídas profissionais

A transversalidade e o caráter de banda larga da formação ministrada no Mestrado em Engenharia Mecânica conduzem à diversificação das saídas profissionais que lhe estão associadas. Simultaneamente, a computação e as tecnologias de informação nos domínios da Engenharia Mecânica têm aberto perspetivas de atividades profissionais muito aliciantes, nomeadamente na digitalização da conceção, do projeto e da produção; na automatização industrial e robótica; ou na simulação de sistemas. 

Deste modo, o MEMc proporciona uma formação adequada para o desempenho de atividades nos seguintes domínios: 

  • projeto de máquinas e de equipamento diverso; 

  • tecnologia industrial e de produção; 

  • termodinâmica e aerodinâmica; 

  • mecânica estrutural; 

  • equipamento hidráulico e pneumático; 

  • gestão de recursos energéticos; 

  • consultoria em engenharia; 

  • ensino e investigação;

  •  gestão e manutenção na área das diversas indústrias e serviços. 

Ligações externas 

A maioria dos docentes do MEMc são também investigadores na Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Engenharia Mecânica e Industrial (UNIDEMI), um centro de investigação com avaliação de Excelente, que está associado ao Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial (https://www.unidemi.com/).

A existência de acordos inter-institucionais Erasmus+ com diversas Universidades Europeias permite a mobilidade dos estudantes do Mestrado em Engenharia Mecânica da FCT NOVA.

O Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial mantém excelentes relações com o tecido empresarial e empregadores, proporcionando o envolvimento dos estudantes em estágios, projetos de investigação, e promovendo trabalhos de dissertação de mestrado realizados em colaboração.

Horário de funcionamento

A anunciar brevemente

Propinas (aguardam aprovação do Conselho Geral da NOVA)

Estudantes nacionais: 1250 Euros/anual

Estudantes internacionais: 7000 Euros/anual

Candidaturas

FaseDatas Comunicação de resultados
1ª Fase17 a 28 de fevereiro 2021

(não aplicável)

2ª Fase18 de junho a 22 de julho 2021

Até 27 de julho

3ª Fase

30 de agosto a 5 de setembro

Até 8 de setembro

Condições de acesso para o ano letivo de 2021/2022

Vagas para 2021/2022:

A anunciar brevemente

Regras de acesso:

- Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em Engenharia Mecânica ou afim; 
- Titulares de um grau académico superior estrangeiro em Engenharia Mecânica ou afim, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos com os princípios do Processo de Bolonha ou que seja reconhecido como tal pelo Conselho Científico da FCT NOVA.

Critérios de seriação:

- Classificação do curso;
- Currículo académico e científico;
- Currículo profissional;
- Eventual entrevista.

Coordenador do curso:

miem.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Cr180/2020 em 10/12/2020

A3ES

Acreditação em 31/07/2020, por 6 anos

Sobre o Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial

O Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial (DEMI) é uma unidade orgânica permanente da NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA, vocacionada para o ensino, para a investigação científica fundamental e aplicada e para a prestação de serviços nos domínios da Engenharia Industrial e da Engenharia Mecânica. O DEMI tem a seu cargo dois mestrados integrados (Engenharia e Gestão Industrial, Engenharia Mecânica), quatro mestrados (Engenharia e Gestão Industrial, Engenharia Mecânica, Engenharia Industrial e Engenharia da Soldadura), dois programas de doutoramento e ainda várias pós-graduações.

O DEMI conta atualmente com 38 docentes e com cinco funcionários. Os professores do Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial colaboram, a diferentes títulos, com diversas instituições públicas e privadas, nomeadamente no desenvolvimento de projetos de investigação em áreas científicas e tecnológicas de relevância para a Engenharia Industrial e para a Engenharia Mecânica.

Saber mais