Mestrado em Paleontologia

Ensino

Mestrado em Paleontologia

Compreender a evolução da vida através do estudo dos fósseis.

A paleontologia, enquanto disciplina científica, desvenda os mistérios do passado da vida na Terra, permitindo-nos reconstruir e compreender a diversidade de formas de vida que existiram ao longo das eras geológicas.

Ao estudar fósseis de animais, plantas e microorganismos preservados nas rochas, os paleontólogos são capazes de reconstruir ecossistemas antigos e entender como a biodiversidade mudou ao longo do tempo, contribuindo para contextualizar e ampliar nossa compreensão da evolução da vida na Terra.

Assim, é objetivo geral do nosso programa, proporcionar aos mestrandos competências, através de um conjunto de conhecimentos coesos, que lhes permitam lidar com as questões contemporâneas relacionadas com a evolução da Terra e da Vida. Este mestrado preenche uma lacuna na oferta nacional de formação nesta área.

Porquê este mestrado?

  • Único mestrado em Portugal de Paleontologia (questões atuais da evolução da Terra e da Vida);
  • Segundo ano do mestrado é inteiramente dedicado ao desenvolvimento de dissertação, num tema de especialização;
  • Incentivo e apoio à investigação científica.

Candidaturas 2024/25

1.ª Fase: 12 FEV. a 22 de MAR. de 2024

2.ª Fase: 3 JUN. a 17 JUL. de 2024

Vagas: 20

Duração: 2 anos (120 ECTS)

Formato: Diurno

Idioma: Português / Inglês

TENS DÚVIDAS?

Coordenador do curso: Paulo Alexandre Legoinha, mp.coordenador@fct.unl.pt

Apoio académico: mestrados@fct.unl.pt

Quero candidatar-me:

Programa

O Mestrado em Paleontologia proporciona a combinação de um ensino teórico com uma componente laboratorial de campo.

Plano curricular

Para quem

  • Titulares do grau de licenciado, ou equivalente legal de cursos de Biologia, Geologia, Ciências e Engenharia do Ambiente, Engenharia Geológica, Arqueologia, Geografia, Ensino de Biologia e Geologia ou outras áreas afins;
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da ECT da UE ou pelo Conselho Científico da NOVA FCT.

Saídas profissionais

  • Autarquias e Associações de Municípios;
  • Áreas Protegidas;
  • Geoparques;
  • Departamentos governamentais:
  • Museus;
  • Investigação;
  • Profissão liberal;
  • Empresas do setor Energético (Petróleo, Gás Natural e Carvão);
  • Carreira docente no ensino secundário e universitário.

Testemunhos

Filipe Carmo

Filipe Carmo

Unidade de Serviço Educativo
Ciência Viva - Agência Nacional Para a Cultura Científica e Tecnológica

“Escolhi a NOVA FCT por ter professores que são referências na área da Paleontologia e por ser, à data, a única faculdade que permitia tirar o mestrado em Paleontologia.

Ajudou-me a ter mais critério nas decisões que preciso tomar na minha profissão. Sinto que estou mais preparado para a tarefa, nomeadamente no desenvolvimento de atividades para o público, na consultoria de exposições, na formação de professores, entre outros.

As valências do mestrado são muitas e variadas. No entanto, para mim, foi uma mais-valia na minha área profissional, a museologia.

O mestrado, que conclui em 2022, está bem estruturado, tem professores dedicados sempre prontos a ajudar. Trabalho há mais de 22 anos na Ciência Viva - Agência Nacional Para a Cultura Científica e Tecnológica”.

Anterior Próximo

Sobre o Departamento de Ciências da Terra

O Departamento de Ciências da Terra (DCT) da NOVA FCT constitui uma unidade de ensino graduado, pós-graduado e de investigação, organizado atualmente em 3 áreas científicas: Geologia, Engenharia Geológica e Agroindústria.

Saber mais