Mestrado em Bioquímica

Ensino

Mestrado em Bioquímica

Objetivos

O Mestrado em Bioquímica, devido à sua natureza transversal a várias áreas das ciências da vida, tais como a biologia molecular, biofísica, biotecnologia, e bioquímica estrutural, oferece uma formação multidisciplinar preparando os alunos para os mais variados desafios das suas futuras vidas profissionais. O curso tem uma forte componente laboratorial, fornecendo através das suas aulas práticas formação avançada em metodologias emergentes. Sendo o corpo docente deste mestrado constituído por docentes e investigadores com currículo científico excecional e integrados em Unidades de Investigação/Laboratórios Associados (UCIBIO e LAQV) reconhecidos no sistema de avaliação nacional como excelentes, os alunos terão a oportunidade de tomarem contacto com linhas de investigação de grande relevância científica e atuais.

Adicionalmente, os estudantes irão adquirir competências em empreendedorismo, assim como proficiência no tratamento e análise crítica de dados, e apresentação científica para pares.

Este enquadramento garante aos alunos uma formação de qualidade, versátil, em sintonia com as necessidades do mercado empregador, coadunando-se inclusivamente com a carreira em investigação científica.

Na “Dissertação em Bioquímica”, realizada no segundo ano do curso, o aluno pode optar entre laboratórios de investigação da FCT NOVA, de outras unidades orgânicas da universidade, ou outras instituições de ensino superior e/ou de investigação científica nacionais; ou mesmo pela modalidade de dissertação em empresa ou ERASMUS.

As aulas são lecionadas em português ou inglês de forma a garantir a inclusão de alunos internacionais.

Plano curricular

Saídas profissionais

O Mestre em Bioquímica poderá seguir uma carreira a nível nacional ou internacional nas seguintes áreas:

  1. Investigação e Desenvolvimento (I&D) em Bioquímica, Biotecnologia ou Ciências Farmacêuticas 
  2. Laboratórios de Análises Clínicas, Bioquímicas, Microbiológicas, Genéticas e Ambientais
  3. Química Forense
  4. Indústria Alimentar a Agro-alimentar
  5. Indústria Cosmética e Farmacêutica
  6.  Laboratórios de Saúde Pública, e Institutos de Investigação Médica
  7. Gestão de Ciência
  8. Organismos e Comissões Reguladoras e Controle de Qualidade
  9. Empresas de Auditoria, Consultadoria e Projeto

Website do mestrado

Propinas (aguardam aprovação)

Estudantes nacionais: 1250 Euros/anual

Estudantes internacionais: 7000 Euros/anual
 
(Os estudantes de países da CPLP poderão candidatar-se a uma redução de até 50% da propina, mediante a avaliação das seguintes condições:

a) 1º Inscrição: os estudantes devem evidenciar através dos seus certificados académicos que o seu desempenho escolar se situa no primeiro quartil da escala de avaliação utilizada no sistema do seu país ou escola de origem;
b) Inscrições posteriores (independentemente do ano de ingresso): exclusivamente por mérito escolar, isto é, aprovação em todas as UC em que o estudante se inscreveu no ano anterior, perfazendo 60 ECTS em cada ano.)

 

Regulamento

Horário de funcionamento

Diurno

Candidaturas

1ª Fase: 15 fevereiro a  15 de março

2ª Fase: 1 de junho a 12 de julho

3ª Fase: 25 de julho a 28 de agosto

 

Os candidatos aceites terão de pagar (no prazo máximo de 7 dias seguidos a partir da data de colocação) uma taxa no valor de 100 euros, não reembolsável, a deduzir, após a matrícula, no valor total da propina.
O não-pagamento dentro deste prazo implica a exclusão automática do candidato. Não são consideradas exceções  nem pagamentos em atrasoQualquer pagamento realizado fora de prazo não será restituídomantendo-se o candidato excluído.

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2022/2023

Vagas para 2022/2023:

25

Regras de acesso:

  1. Titulares do grau de licenciado, ou equivalente legal em Bioquímica, Química, Biologia,
    Ciências da Saúde ou áreas afins;

  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado, naquelas áreas, de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro, naquelas áreas, que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia;

  4. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia.

Critérios de seriação:

  1. Classificação de curso;
  2. Curriculum académico e científico;
  3. Curriculum profissional;
  4. Eventual entrevista.

Coordenadora do curso:

Professora Sofia R. Pauleta

mbq.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Cr 6/2012/AL02 em 16/05/2018

A3ES

Data de publicação da decisão de acreditação: 20/02/2019

Validade da acreditação:
2 anos contados a partir de

Sobre o Departamento de Química

O Departamento de Química (DQ) constitui uma unidade de ensino e de investigação da NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA, vocacionada para a qualidade do ensino, o progresso da investigação e a prestação de serviços especializados à comunidade nas áreas fundamentais da Química, Engenharia Química e Bioquímica e Biofísica. O DQ, criado em 1981, tem reconhecida implementação no mercado de ensino e de trabalho, em particular devido à então novidade e especificidade introduzida pela Licenciatura em Química Aplicada, com o qual se iniciou o ensino da Química na Faculdade.

Saber mais