Ensino

Mestrado em Materiais Avançados e Reciclagem Inovadora

As unidades curriculares são integralmente ministradas em Inglês.

Objetivos

Este ciclo de estudos foi projetado preferencialmente para estudantes em Ciências de Engenharia. Os Departamentos de Ciências dos Materiais, de Ciências e Engenharia do Ambiente, de Química e Ciências da Terra da FCT NOVA, assim como os respetivos Centros de Investigação associados, englobando mais de 150 professores/investigadores doutorados, constituem o suporte essencial deste Mestrado em termos letivos e de enquadramento de tese. 

Tem por objetivo proporcionar a aprendizagem dos conceitos e ferramentas necessárias para a avaliação da sustentabilidade de produtos e processos e dotá-los de capacidades inovadoras que conduzam à produção sustentável. Pretende-se conciliar a aprendizagem ao nível dos Materiais Avançados para desenvolver a produção inteligente de bens e equipamentos, com a compreensão da escala macro da Engenharia de Sistemas Complexos, que engloba a avaliação de impactos nas dimensões ambiental, económica e social na tomada de decisões. Estrutura-se no sentido de:  

a) fornecer as competências e conhecimentos específicos essenciais ao exercício de uma profissão;  

b) fornecer a indispensável articulação entre os conhecimentos adquiridos e as necessidades do mercado de trabalho;  

c) garantir o desenvolvimento de uma postura crítica e de autonomia criativa;  

d) fomentar as capacidades de trabalho de equipa, liderança e empreendedorismo. 

Plano curricular

Saídas profissionais

Sendo uma formação inovadora e pioneira no país, pode ser antecipado que a visão que os graduados deste Mestrado terão da sustentabilidade de produtos e processos ao nível dos Materiais Avançados e Reciclagem Inovadora será especialmente adequada para o emprego em empresas que valorizem a componente de reciclagem e sustentabilidade. As funções do Mestre em Materiais Avançados e Reciclagem Inovadora são necessariamente abrangentes e especializadas, que incluem dimensões económicas e sociais importantes, nas atividades que preconizam otimização de processos, design de materiais, administração e gestão de fábrica, gestão de projetos entre outros. Outras profissões que os estudantes podem assumir após completar o programa serão na área da consultoria ou de planeamento estratégico das empresas ou de organizações do sector público. Áreas possíveis incluem tecnologias de informação e comunicação, energia, construção, equipamentos e mobilidade. Estão também qualificados para tarefas ligadas ao empreendedorismo e constituição das suas próprias empresas. O programa também prepara os alunos para prosseguirem doutoramento. 

Propinas

Estudantes nacionais: 2000 €/anual

Estudantes internacionais: 7000 €/anual (Redução de 60% para estudantes da CPLP)

Candidaturas

26 a 31 de Agosto de 2019 

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2019/2020

Vagas para 2019/2020:

 20

Regras de acesso:

  • Titulares do grau de licenciado em qualquer área em Ciências de Engenharia, Ciências Exatas ou Ciências Naturais, ou equivalente legal; 
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos numa das áreas referidas na alínea anterior, organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo; 
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro numa das áreas referidas na alínea anterior, que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FCT NOVA; 
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da FCT NOVA. 

Critérios de seriação:

  • Classificação do curso; 
  • Currículo académico e científico; 
  • Currículo profissional; 
  • Carta de motivação; 
  • Eventual entrevista em Inglês. 

Coordenador do curso:

Prof. Doutor João Pedro Veiga  

jpv@fct.unl.pt 

amir.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Cr 42/2019 em 26/07/2019

A3ES

Acreditação em 05/06/2019, por 6 anos

Sobre o Departamento de Ciência dos Materiais

O Departamento de Ciência dos Materiais (DCM) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA) foi o primeiro a ser criado a nível Nacional, em 1976, por iniciativa do seu primeiro presidente, o Prof. Leopoldo Guimarães. O objectivo inicial foi o de criar cursos de extensão universitária na área dos materiais conducentes à criação de uma licenciatura de raiz que abrangesse uma vasta gama de domínios científicos, nomeadamente a metalurgia, os materiais semicondutores, os materiais poliméricos e mesomorfos, os materiais cerâmicos e vidros, a cristaloquímica e o controle de qualidade.

Desde então o Departamento de Ciência dos Materiais tem crescido e diversificado as suas atividades, devido essencialmente ao esforço do seu corpo docente e técnico, consubstanciado num vasto número de projetos (académicos e industriais) financiados por entidades Nacionais, Europeias e Internacionais. Tal permitiu a sua moderna adequação às novas tecnologias, dispondo para tal de infraestruturas laboratoriais únicas em Portugal, de ensino e de investigação, reconhecidas internacionalmente e que têm permitido formar Engenheiros de Materiais de elevada qualidade científica e técnica, capazes de responderem às solicitações da sociedade atual.

Saber mais