Mestrado em Biotecnologia

Ensino

Mestrado em Biotecnologia

O Mestrado em Biotecnologia teve início em Setembro de 2006, por iniciativa do Departamento de Química. O número de créditos ECTS requeridos para a obtenção do grau é de 120 (2 anos).

Objetivos

O Mestrado em Biotecnologia da FCT NOVA confere a formação ideal para o desenvolvimento de uma carreira de sucesso no domínio da Biotecnologia. Oferece um currículo multidisciplinar, essencial para o desenvolvimento de soluções para problemas complexos do mundo real, abrangendo tanto áreas científicas bem estabelecidas, como emergentes, e proporciona ainda conhecimentos de desenvolvimento de negócios e competências para a inovação baseada na ciência.

Através da oferta de unidades curriculares optativas, ajustada todos os anos lectivos, são flexibilizados os perfis de formação, que podem ser mais orientados para a área dos biofarmacêuticos, indústria alimentar, nanobiotecnologia, biotecnologia marinha, biotecnologia ambiental, ou transferência de tecnologia.

Os estudantes são acolhidos num ambiente de elevada qualidade de investigação, realizada em dois centros - LAQV e UCBIO – classificados como Excelente e Excepcional, respectivamente, pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia . Estes centros mantêm colaborações fortes com o ITQB NOVA e o iBET. O ITQB NOVA é uma das unidades orgânicas da Universidade NOVA de Lisboa, e o iBET é uma associação privada sem fins lucrativos, criada para promover a investigação no campo da biologia, da química e da biotecnologia, com vista ao desenvolvimento de novos processos e produtos.

Este ambiente dinâmico, com uma forte componente de investigação, é uma característica marcante da formação conferida, e realça a relevância das contribuições científicas para o desenvolvimento de novos produtos da Biotecnologia.

Plano curricular

Saídas profissionais

A versatilidade e a elevada qualidade da formação em Biotecnologia abrem excelentes oportunidades profissionais em ID&T, transferência de tecnologia, gestão e serviços comerciais, em diversas empresas, centros de investigação, e instituições académicas, relacionadas com bio(farmacêuticos), indústria agro-alimentar, ambiente, aplicações biomédicas, entre outras.

Temas de dissertações recentes

Os títulos das dissertações do Mestrado em Biotecnologia (60 ECTS) realizadas nos últimos três anos, bem como os orientadores das mesmas e os locais onde foram realizadas, podem ser vistos aqui

Propinas 

Estudantes nacionais: 1063,47 €/anual

Estudantes internacionais: 7000 €/anual (Redução de 60% para estudantes da CPLP)

Horário de funcionamento

Diurno.

Candidaturas

1ª Fase: 1 de maio a 14 de Julho

2ª Fase: 26 a 31 de agosto de 2019

 

Os candidatos aceites terão de pagar (no prazo máximo de 7 dias seguidos a partir da data de colocação) uma taxa no valor de 200 euros, não reembolsável, a deduzir, após a matrícula, no valor total da propina.
O não-pagamento dentro deste prazo implica a exclusão automática do candidato. Não são consideradas exceções  nem pagamentos em atrasoQualquer pagamento realizado fora de prazo não será restituídomantendo-se o candidato excluído.

Candidaturas

Condições de acesso para o ano letivo de 2019/2020

Vagas para 2019/2020:

25

Regras de acesso:

  1. Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em licenciaturas das áreas de Ciências Exactas, Ciências Naturais, Engenharia, ou Tecnologia;
  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado, numa daquelas áreas, de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro, numa daquelas áreas, que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FCT NOVA;
  4. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização do Mestrado em Biotecnologia pelo Conselho Científico da FCT NOVA.

Critérios de seriação:

  1. Classificação de curso;
  2. Curriculum vitae;
  3. Eventual entrevista.

Coordenadora do curso:

Professora Susana Barreiros

mbt.coordenador@fct.unl.pt

Registo e Acreditação

DGES

Registo n.º R/A-Ef 3094/2011/AL02 em 06/07/2017

A3ES

Acreditação em 23/03/2015, por 6 anos

Sobre o Departamento de Química

O Departamento de Química (DQ) constitui uma unidade de ensino e de investigação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA), vocacionada para a qualidade do ensino, o progresso da investigação e a prestação de serviços especializados à comunidade nas áreas fundamentais da Química, Engenharia Química e Bioquímica e Biofísica. O DQ, criado em 1981, tem reconhecida implementação no mercado de ensino e de trabalho, em particular devido à então novidade e especificidade introduzida pela Licenciatura em Química Aplicada, com o qual se iniciou o ensino da Química na Faculdade.

Saber mais